Eliéber (Felipe Folgosi), irmão de coração de Aruna (Thaís Melchior), finalmente desperta, após ficar desmaiado devido ao ferimento sofrido. O hebreu chama por  Aruna. Léia (Beth Goulart), sua mãe, não gosta nada do filho chamar pela filha de criação em vez de chamar por ela ou pela irmã Samara (Paloma Bernardi). Isso acontecerá no terceiro capítulo da trama bíblica dirigida por Alexandre Avancini.

Morte de Eliéber

Mesmo inconformada, Léia manda chamar Aruna. Eliéber pede para falar a sós com a irmã. Léia e Samara saem revoltadas. O soldado diz para Aruna não esquecer quem ela é e, em seguida, não resiste e morre diante de sua irmã preferida.

Publicidade
Publicidade

Léia e Samara colocam a culpa na moça. Aproveitando a distração das pessoas com a morte de Eliéber, Tarik pega uma faca e esconde.

Em Jericó

Rei Marek (Igor Rickli) diz que vai se banhar com sangue dos hebreus ao descobrir que Josué (Sidney Sampaio) matou alguns de seus soldados. Raabe (Mirian Freeland) fica admirada com o poder do Deus de Israel. Diferente dela, Farduk (Castrinho) não crê que os hebreus passarão pelas muralhas da cidade.

Na estalagem de Farduk, Tibar (Leonardo Franco) obriga Raabe a se deitar com ele. Já no quarto, Raabe chega a pegar a espada do vilão, mas não tem coragem de matá-lo.

Atentado

Aruna fica arrasada com a morte do irmão protetor e sua amiga Jéssica (Maytê Piragibe) a consola. Na tenda, Tarik aproveita a chance e pega Samara como refém, colocando a faca no pescoço dela.

Publicidade

Jesana (André Ramiro) corre para pedir ajuda. Josué chega e tenta acalmar a situação. Tarik pede um cavalo para ir embora. Josué diz que concorda se ele soltar a moça, mas Tarik tenta matar Samara antes da fuga, até que um mascarado desconhecido o acerta com uma flecha.

Por ser maltratada por Samara, Aruna vai para um celeiro, onde ora pedindo forças a Deus.

Cortejo

Os hebreus seguem o cortejo de Eliéber, filho de Quemuel (Raymundo de Sousa). A família vai junto, exceto Aruna, que só olha de longe. Josué avista Aruna e, ao final do enterro, oferece companhia à moça para voltar para casa, mas a mesma não aceita. O sucessor de Moisés fala sobre o misterioso mascarado e Aruna muda de assunto.

Hebreus

Salmon (Rafael Sardão) repreende Iru (Guilherme Boury) e Maquir (Alexandre Slavieiro) por estes estarem brigando. Escondido, Gael (Miguel Costa) vê Livana (Letícia Medina) dizer a Maquir que eles não podem ficar juntos por serem de tribos diferentes, mas o hebreu não liga e a beija. Gael fica surpreso com a cena.

Publicidade

Maquir descobre que seu irmão mais novo viu o beijo e pede segredo.

Boã (Tatsu Carvalho), juntamente com Haniel (Paulo César Grande) e Eliazafe (Altair Rodrigues), contam a Josué que suas tribos entrarão na luta por Canaã. Acã (Kadu Moliterno) se alegra em ter vantagens na passagem por Jericó. Iru e Acsa (Marisol Ribeiro) zombam de Otniel (Leonardo Miggiorin), que não sabe lutar, mas Lila (Myrella Victória) o anima.

Ataque surpresa

Em Jericó, o comandante Tibar diz ao rei Marek que não será possível acabar com os hebreus todos de uma vez e sugere eliminar o seu líder. Racom (Daniel Villas) e alguns oficiais cananeus matam dois hebreus pelo caminho do acampamento e, em seguida, invadem o local e surpreendem Josué.

 “A Terra Prometida” vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 20h40, logo depois de “Escrava Mãe”, novela de Gustavo Reiz, no horário nobre da Record. #Rede Record #Os Dez Mandamentos #A Terra Prometida