A curiosidade do público em ver a cena de dois homens fazendo sexo em uma novela brasileira foi tão grande que a trama "Liberdade Liberdade" marcou um ótimo índice de audiência para a TV Globo na cena de sexo gay entre dois grandes atores, Caio Blat (André) e Ricardo Pereira (Tolentino). O Brasil já parou para ver a cena de um beijo gay em uma novela de Walcyr Carrasco, "Amor à Vida", onde o ator Mateus Solano, que interpretava o personagem Félix, beijava o ator Thiago Fragoso, que fazia o Niko. Agora, mais uma vez, o país parou para ver a relação de dois homossexuais na TV, só que desta vez com a prática do ato sexual.

O capítulo exibido na última terça-feira, 12 de julho, garantiu à trama das 23 horas a liderança isolada e foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais, e no Twitter o assunto sobre a cena do sexo gay em "Liberdade Liberdade" chegou aos Trending Topics mundiais.

Publicidade
Publicidade

Vídeo da cena do sexo gay de "Liberdade Liberdade"

A cena foi bastante delicada, muito bem dirigida e demonstrava a tensão dos personagens. André e Tolentino pareciam estar divididos entre o desejo e o medo desse desejo, que se atualmente é muito julgado, imagine antigamente. Eles terminam não resistindo um ao outro, tiram a roupa e começam fazendo amor. Depois do ato tão proibido, eles terminam deitados nus sobre a cama e ficam com as mãos dadas, totalmente entregues ao que sentem.

Fim da família tradicional brasileira após cena de sexo gay em “Liberdade Liberdade”

A homofobia, infelizmente, é um problema muito grande do Brasil. Apesar de uma grande parte dos internautas terem amado a cena de sexo da novela "#Liberdade Liberdade", muitas pessoas foram contra a cena tão polêmica.

Publicidade

Os Twiteiros que se diziam a favor da cena da trama das 23 horas começaram a escrever que depois daquelas imagens seria declarado o fim da família tradicional brasileira.

O que é homofobia? A palavra homofobia significa a intolerância ou o preconceito contra a homossexualidade e/ou o homossexual. A questão é que uma pessoa não pode ser julgada por discordar das atitudes de um homossexual, mas sim por ofender ou agir com violência contra as pessoas que se sentem atraídos pelo mesmo sexo.

#Entretenimento #Novelas