A previsão para o encerramento da série “Game of Thrones”, da HBO, é que seja na oitava temporada em 2018, e desde já os fãs sofrem, pois o anúncio foi feito pelos showrunners David Benioff e Dan B. Weiss, oficializado pela produtora e ainda reforçado durante o painel de GoT, durante a convenção Geek Comic-Con San Diego 2016.

Contudo, o fim da saga pode trazer o início de outra. Os fãs de #J.R.R. Tolkien, autor das obras ‘O Senhor dos Anéis’ e ‘O Hobbit’, ficaram eufóricos com a possibilidade de “O Silmarillion’ – uma obra complexa que detalha a história da Terra Média, desde seu início, até o desfecho da Primeira Era. Dado o conteúdo intricado, as adaptações cinematográficas foram descartadas.

Publicidade
Publicidade

Mas e se funcionar na televisão? Quando ‘As Crônicas de Gelo e Fogo’ começaram a fazer sucesso, muitas produtoras procuraram #George R.R. Martin para adaptadar sua obra para o cinema, mas era impossível roteirizar qualquer um dos livros da série literária para um filme de duas ou três horas de duração. E o Silmarillion enfrentaria o mesmo obstáculo, e talvez mais complexo ainda, já que o período de sua narrativa compreende cinco séculos. E o enredo não é tão sutil.

Com a finalização de #Game of Thrones, a HBO precisará de novas produções que continuem atraindo os telespectadores tanto quanto o recente drama medieval que eles possuem nas mãos. O que também engloba spin-offs do próprio universo criado por Martin, coisa que antes parecia impossível, atualmente, os produtores da série se mostraram abertos a se manter em Westeros.

Publicidade

Entretanto, uma nova narrativa será prioridade a obra de Tolkien tem todos os atrativos que a emissora aprecia em suas adaptações, profundidade, densidade, milhões de fãs e dificuldade – literalmente.

Os direitos da obra em questão, ainda estão nas mãos da família de Tolkien. Então uma adaptação televisiva estaria desimpedida para acontecer após 2018.

O Silmarillion narra eventos passados em um período muito anterior ao final da Terceira Era, que é a época em que os acontecimentos de ‘O Senhor dos Anéis’ se desdobram. São, de certo modo, lendas derivadas, conectadas às Silmarils, três perfeitas gemas criadas por Fëanor, o elfo mais talentoso existente. J.R.R. Tolkien escreveu os textos e trabalhou em cima deles, por toda sua vida, transformando-os registros de suas mais intensas reflexões.