O último episódio da sexta temporada de #Game of Thrones foi de tirar o fôlego. A série mostrou a tão esperada vingança de Cersei contra a Septã Unella, aquela que repetia a palavra “Shame” (em tradução livre: “vergonha”) enquanto a então Rainha-Mãe realizava sua “Caminhada da Penitência” ou “Caminhada da Vergonha” entre o Grande Septo de Baelor e a Fortaleza Vermelha.

Após aniquilar o Alto Pardal e metade do elenco de Porto Real (e da série!), a Rainha Louca quase afogou sua inimiga com vinho e a entregou a um trágico destino de tortura ao Sor Gregor Clegane, mais conhecido como Montanha (versão zumbi).

Cersei garantiu a Unella que ela não morreria ali e convidou seu mais fiel servo a adentrar a sala onde a Septã se encontrava presa a uma cama e deixou os dois a sós.

Publicidade
Publicidade

Os gritos de agonia foi tudo o que os fãs conseguiram ouvir. Os planos de tortura da ainha ficaram apenas na imaginação dos mais sádicos.

A que tipo de tortura foi submetida Unella deixou uma grande interrogação, que foi ainda mais alimentada quando Lena Headey, a interprete de Cersei Lannister, comentou em entrevista ao Enterteinment Weekly que a cena seria ainda mais perturbadora a princípio.

"A cena com a Septã era para ter sido muito pior, mas eles não poderiam fazer isso. A versão que vocês viram é a versão morna, e mesmo assim ainda foi bem ruim. Eu preferia ser explodida no septo do que sofrer aquilo”, disse.

O diretor do episódio, Miguel Sapochnik, em entrevista ao site Tech Insider, afirmou que não era capaz de imaginar a criatividade da personagem para torturar seu desafeto naquela cena.

Publicidade

"Eu acho que o objetivo era deixar isso à nossa imaginação. O que exatamente um gigante zumbi terrivelmente deformado faria com uma fanática sociopata, em uma sala onde estavam sozinhos?", completou.

 Uma grande parte dos expectadores e leitores assíduos das Crônicas de Gelo e Fogo sentiram que a cena precisava demonstrar especificamente a violência vivenciada por Unella, graças a fama de seu executor, o Montanha.

Parece que vai ficar na imaginação mesmo o destino da “piedosa” serva da Fé. Mas até para uma série como Game of Thrones algumas cenas são desnecessárias quando se trata de violência. Em suma, todo mundo entendeu que o fim de Unella foi pior que a morte em si. #Entretenimento #Seriados