Pelo quinto ano consecutivo, “Game of Thrones” entra na lista dos indicados do Emmy Awards, uma espécie de Oscar da #Televisão americana. Em 2015, a série bateu o recorde de estatuetas ganhas em um mesmo ano e levou nada menos que doze para casa. Este ano, com a sua sexta temporada recém-finalizada, o seriado da HBO liderou, com vinte e três indicações. Sendo que seis estatuetas estão sendo disputadas pela atuação, e uma por melhor série de drama. Um verdadeiro sucesso.

No entanto, #Game of Thrones já está fora da competição de 2017. Por quê? De acordo com a academia, é necessário que ao menos seis episódios de uma série dramática ou cômica vá ao ar entre os dias 1º de junho e 31 de maio de 2017, e os showrunners anunciaram há duas semanas que a série, que estreava tradicionalmente em abril, será adiada.

Publicidade
Publicidade

Recentemente, a HBO não apenas confirmou a revelação de David Benioff e Dan B. Weiss, como também anunciou que a série deve ser lançada no verão americano – à partir de 21 de junho – o que implica em perder a data para se classificar como concorrente.

A atriz que dá vida a Arya Stark nas telas, Maisie Williams, ganhou o favoritismo do público há anos, mas sua nomeação na categoria de ‘melhor atriz coadjuvante’ foi descoberta por ela no Twitter. Graças a uma publicação feita na conta oficial de Game of Thrones e em seguida comemorou em sua própria conta, extremamente surpresa: “Que p***a é essa? Alguém me ajuda!”.

A sétima temporada terá suas gravações iniciadas em janeiro de 2017, na Islândia e em outras três locações para que o inverno europeu seja aproveitado – afinal, este foi o motivo do adiamento.

Publicidade

Os produtores já revelaram que o final da série está traçado e que eles podem escrever o último capítulo da última temporada – que se encerrará em 2018 - a qualquer instante. Vale citar que há um tempo, a dupla de showrunners, D&D, não parecia simpatizar nem um pouco com a ideia de continuar trabalhando no universo de Westeros, com séries derivadas de GoT, porém, em entrevistas atuais, demonstraram interesse em prosseguir com spin-offs, após 2018.

#Seriados