A marca roxa que aparece na foto de Gisele Fraga em seu Instagram comoveu os fãs, que ofereceram seu apoio a atriz e lamentaram o ocorrido. Gisele Fraga foi Garota do Fantástico nos anos 1980 e também atuou em várias novelas como "Malhação" (1998), na Globo, "Mandacaru" (1997), na extinta Manchete e "Uma Rosa com Amor" (2010), no SBT. Ela que hoje tem 46 anos resolveu postar a imagem para oferecer apoia a recente denuncia feita por Luiza Brunet contra o ex-marido por agredi-la.

Relembre o ocorrido de Luiza Brunet

Luiza Brunet disse que Lírio (ex-marido) ficou nervoso durante um jantar em Nova York quando foi perguntado se iria comparecer a uma exposição de fotos.

Publicidade
Publicidade

Segundo Luiza ele disse que não queria ir, pois já teria sido confundido com o ex marido de Luiza, e que esse teria sido o motivo da briga do casal quando chegou ao apartamento. Luiza conta que tomou vários chutes e socos, e quando conseguiu escapar se trancou no quarto, e que no dia seguinte voltou ao Brasil. Luiza teve 4 costelas quebradas na agressão.

No post de Gisele ela disse: "Aproveitando os tempos de defesa à mulher, vou deixar registrado aqui. Esta foto é só um registro do que aconteceu a minha face quando eu tinha uma união estável com um sujeito bipolar pós meu divórcio! Mas... Na época não tive coragem de falar! Como disse Luiza, a maquiagem esconde por fora, mas a marca na alma permanece!", escreveu e ainda completou dizendo: "Sigo em tratamento até hoje".

Segundo estatísticas, nos 10 primeiros meses de 2015 foram registrados 63.090 denúncias de #Violência contra a mulher.

Publicidade

Popularmente conhecida como Lei Maria da Penha, a Lei nº 11.340/2006 tornou-se o principal instrumento legal para coibir e punir a violência doméstica praticada contra as mulheres no Brasil.

Denuncie

A denúncia de violência doméstica pode ser feita em qualquer delegacia ou pela Central de Atendimento à Mulher no número 180. A denúncia pode ser feita anonimamente e o serviço é gratuito. Ainda para proteger e ajudar as mulheres a aprender a entender quais são seus direitos, a Secretaria lançou um aplicativo em 2014 para celular, o Clique 180, que traz diversas informações importantes, como os tópicos da Lei Maria da Penha. #Famosos #Casos de polícia