Os furos no roteiro ou erros de continuação estão presentes em praticamente todas as produções, e geralmente é perdoável. Um universo tão extenso e denso como o de “Game of Thrones” não sairia ileso. Quais seriam os furos passados despercebidos em Westeros? Confira alguns deles!

Nota: O conteúdo a seguir contém spoiler!

1. Uma Baratheon loira?

Na primeira temporada de GOT, é visto Ned Stark perceber que os herdeiros de Robert eram na verdade filhos de Cersei com seu irmão Jaime Lannister pelo tom dos cabelos, pois todos os Baratheons possuem madeixas extremamente escuras. A guerra dos cinco reis envolveu o tom dos cabelos de meia dúzia de crianças, e, por sinal, o mais furioso com a questão da moral manchada é exatamente o que possui uma filha com cabelos tão loiros quanto dos bastardos.

Publicidade
Publicidade

 

(A atriz Kerry Ingram foi sensacional como Shireen Baratheon, independente de loira ou morena.)

2. Matriarca com amnésia?

No 2º episódio da 1ª temporada, Cersei fala com Catelyn Stark sobre seu filho que faleceu poucos dias após o nascimento. Exclusivamente criada para a série, a cena foi prova de que os nascidos Barahteon possuem o cabelo escuro e também que Cersei tentou dar filhos ao rei. A perda da criança fez com que ela literalmente estragasse Joffrey, se doando demais para o filho, tornando-o perverso e mimado.

A profecia de Maggy afirma que ela teria somente três filhos. E o filho falecido? Claro que para uma crinaça que viveu tão pouco, pode-se compreender que não teve “importância”. Mas uma mãe como Cersei jamais se esqueceria de um filho, e qualquer um que viesse do ventre dela seria completamente importante, ele deveria ao menos ser citado.

Publicidade

3. Coroas e Mortalhas?

Segundo a profecia de Maggy: “Cersei daria a Robert três filhos (...) Suas coroas serão de ouro, suas mortalhas serão de ouro (...)”. O próprio George R.R. Martin já afirmou para focar nas expressões vazias das profecias. Há uma indução que faz o leitor crer que todos serão reis ou rainhas, porém “coroa” poderia muito bem ser os cabelos loiros de Myrcella, Tommen e Joffrey. Prova disso é que Myrcella faleceu sem ser, de fato, coroada. E sem uma ligação que remetesse a profecia. A coroação em si poderia ser muito substancial, porém essa parte do enredo ficou a desejar – ao menos até aqui. #Televisão #Seriados #Game of Thrones