Poucos dias após o falecimento do ator Guilherme Karan, enquanto as pessoas ainda tentavam entender a #Doença e buscavam algumas informações, um dos principais jornalistas da TV Record, Arnaldo Duran, aproveitou o momento para vir a público, através de seu perfil pessoal em uma rede social, comunicar que também sofre da mesma doença: Machado-Joseph.

Arnaldo Duran, que tem 64 anos, gravou um vídeo e compartilhou na rede, explicando um pouco sobre a doença e em que momento recebeu o diagnóstico, fato que ocorreu em fevereiro de 2015.

A triste e surpreendente #notícia deixou seus seguidores chocados e apreensivos, assim como seus colegas de profissão.

Publicidade
Publicidade

Ele ainda confirmou que possui familiares que, também, foram diagnosticados com a síndrome.

Doença não é contagiosa

Ele aproveitou para destacar que a doença não é contagiosa, porém incurável e fatal, e pelo fato de ser quase desconhecida da população, há ainda muito preconceito com as pessoas que são atingidas pela síndrome.

O Jornalista relata que como ainda não há medicamentos para a doença, ele está buscando apoio em uma instituição não religiosa, que apenas promove a fé, sem adoração, e que o tem ajudado bastante na compreensão e aceitação da sua condição.

Ao final do vídeo, ele agradece aos fãs, visivelmente emocionado, dizendo que assim que obtiver novidades, sobre o drama que está passando, ele retorna para informar. 

Arnaldo Duran é um jornalista com carreira brilhante e já trabalhou na TV Globo, CBS Telenotícias, (como correspondente internacional), Rádio Eldorado, SBT e na extinta TV Manchete.

Publicidade

Atualmente faz parte da equipe de jornalismo do Domingo Espetacular, aos domingos, na TV Record e também da Record News. 

Características da doença

A doença de Machado-Joseph é hereditária, basicamente passada de pai ou mãe, para os filhos, sem direcionamento de sexo (pode ocorrer tanto em homens como em mulheres). É comum surgir os primeiros sintomas discretamente na fase adulta, no qual, inicialmente é percebida a diminuição de coordenação dos movimentos, desequilíbrio, dificuldades em caminhar e manifestações oculares. A evolução da síndrome é contínua, resultando na morte do paciente.

A doença gera uma disfunção dos neurônios do cerebelo, que é uma parte do cérebro responsável em manter equilíbrio do nosso corpo e o controle muscular.

A deglutição (ato de engolir) fica comprometida, fazendo os pacientes engasgarem muito facilmente. A fala fica prejudicada e os olhos, em alguns casos, podem apresentar visão dupla (os olhos trabalham individualmente). Há casos, de vítimas da doença de Machado-Joseph, que apresentam sintomas parecidos como os de Mal de Parkinson: tremor involuntário, falta de sensibilidade e rigidez corporal.  

a #drama