Fãs da cantora paraense, Joelma, foram pegos de surpresa nessa terça-feira, 12. Um internauta usou uma publicação que Joelma fez na noite de ontem para deixar comentários com ameaças.

O homem, que usa um perfil de usuário com o nome de João Lucas Oliveira Silva, disse que mataria a cantora, além de chamá-la de mentirosa. João também disse que a loira sofreria o mesmo atentado que a apresentadora da TV Record, Ana Hickmann. O evento citado pelo criminoso é a tentativa de assassinato que a apresentadora enfrentou em Minas Gerais em maio desse ano.

O criminoso virtual ainda disse que procuraria pistas de onde a cantora está para consumar os seus planos.

Publicidade
Publicidade

Os fãs ficaram alvoroçados ao ler os comentários e começaram a denunciar o perfil do usuário.

Medidas judiciais

Assim que a assessoria de imprensa de Joelma teve conhecimento do ocorrido, tomaram as medidas judiciais cabíveis a fim de que a #Justiça rastreie e identifique o culpado. Ainda que o internauta tenha feito uma ‘brincadeira’ de mal gosto, a atitude é punível da mesma maneira, não com prisão, por ser considerado #Crime leve, mas com multa.

A assessoria da cantora procurou não entrar em mais detalhes sobre as medidas tomadas a fim de não prejudicar as investigações do caso. O ocorrido ganhou as manchetes de sites e telejornais no fim da tarde dessa terça-feira.

A equipe de Joelma aproveitou para aconselhar que os fãs sejam muito mais cautelosos ao abordar a cantora, pois com as ameaças, verídicas ou não, a segurança foi reforçada.

Publicidade

A própria filha mais velha da cantora, Natalia, usou seu perfil em uma rede social para compartilhar um print com as ameaças que a mãe está sofrendo. Natalia, que também é cantora, recebeu palavras de apoio de fãs, amigos e admiradores do trabalho de sua mãe.

Joelma declarou para o jornal 'Extra' que seguirá em frente com sua vida, mas que depois desse episódio, sua segurança será redobrada no dia a dia e nos shows. O caso de Joelma tonrou-se um dos assuntos mais comentados das redes sociais na noite dessa terça-feira. #Casos de polícia