Em seu segundo disco de estúdio, Julia Bosco, ao lado do produtor e marido Donatinho, surpreendem com novo estilo. O uso de sintetizadores marcam o disco "Dance com seu Inimigo", que também traz letras que remetem a sexo e sexualidade. "No meu caso, falar de sexo e de sexualidade é muito recorrente em minhas mensagens, eu só trouxe isso para dentro de um disco e com essa proposta de conceito." declarou à cantora em entrevista à Central da MPB.

O uso de sintetizadores deram, além de uma roupagem nova ao estilo da cantora, um toque mais dançante às suas composições e de alguns parceiros. "Eu tinha em mente que queria fazer um disco pop e arrojado, em que eu cantaria em um registro mais agudo, porque fiquei insatisfeita justamente com esses pontos no meu disco anterior.

Publicidade
Publicidade

No entanto, quem direcionou o disco para essa linha dançante foi meu produtor, Donatinho, que sacou o que eu queria e não conseguia dizer, e ainda foi além", disse Júlia.

Filha do cantor João Bosco, Júlia realizou este trabalho através do financiamento coletivo. Além da parceria com Tulipa Ruiz, Júlia fez uma regravação da música "Vampiro' De Jorge Mautner e assina 5 faixas de sua autoria, entre elas (Quem me Passa o Coração) a música que gravou com Tulipa.Neste mês, Júlia, que está a todo vapor com o lançamento, registrou também o primeiro videoclipe do novo trabalho.

"Dance com seu inimigo é um pouco isso: a gente poder rir das nossas inseguranças, aceitar nossas limitações, encarar nossos medos."

Nas fotos de divulgação, Júlia ousou ao se vestir com um macacão vermelho justo ao corpo.

Publicidade

A cantora comenta sobre seu novo figurino que dá uma bela repaginada em seu visual. “O figurino dos macacões em estilo Mulher-Gato foram pensados especialmente para o projeto deste disco. Como um dos temas desse novo trabalho é o amor próprio e a gente, infelizmente, ainda vive um mundo pensado para padrões de beleza estéticos da mulher magra e reta, acentuar, exibir e mostrar orgulho pelas curvas e os excessos é uma das minhas propostas” declarou ao site Glamurama.

Os figurinos foram produzidos exclusivamente para a artista, que declarou ao Jornal O Globo: — "O macacão marca tudo: gorduras, celulites. É para parar de se esconder mesmo. Não tem isso de padrão de beleza. Padrão para quem? As musas renascentistas tinham curvas, para Botticelli, estaria ótimo."

Dance com seu inimigo reflete o momento que nós estamos vivendo. Todo brasileiro está tentando se entender como indivíduo dentro desta nação. E a pista de dança é uma terapia. O disco é sério e leve, ao mesmo tempo, sempre com bom humor”.

O lançamento aconteceu no dia 15 deste mês, mas o primeiro show de "Dance com seu Inimigo" vai acontecer no dia 4 de agosto,a partir das 21h, no Teatro Rival. O show tem direção de Silvia Machete. E o  melhor de tudo em tempos de crise: gratuito!

#Entretenimento #Famosos #Arte