Rubião começa uma má fase em Liberdade, Liberdade. Após tantas maldades, a sorte do vilão vai ruir e suas ações começam a vir à tona. Vale lembrar que, apesar de apaixonado por Joaquina/Rosa, foi ele quem entregou o nome de Tiradentes para a polícia - o que levou ao enforcamento do pai da moça. Logo após essa traição, o filho de Virgínia ainda matou a mãe de sua amada.

E como se não bastasse deixar a pequena Joaquina órfã, agora Rubião matou o pai adotivo da jovem. Mas as pistas sobre o assassinato de Dom Raposo virão à tona nos próximos capítulos de Liberdade, Liberdade. Segundo a colunista do Jornal O Globo, tudo começa quando Rubião perde o cargo de Intendente.

Publicidade
Publicidade

Com a chegada de Monsenhor Ega (Gabriel Braga Nunes) para se encarregar da função em Vila Rica, o vilão perde seu poder.

Assim, Rubião pede que Anita cuide de seus pertences para garantir que tudo está certo com a roupa que usou na noite do assassinato. E é assim que a empregada encontra uma pista entre os pertences do Intendente. Enquanto ela limpa a sala de ouro, a governanta deduz que o patrão é o responsável pela morte de Dom Raposo Viegas.

No primeiro momento, Anita fica apenas perplexa com a quantidade enorme de barras de ouro no local. Enquanto observa, ela acidentalmente vê um lenço de linho estranho no quarto. Ela pega o pano e nota uma mancha de sangue, o que aumenta sua curiosidade. Então a governanta encontra as iniciais RV bordadas no objeto e se espanta. "RV... Dom Raposo Viegas", deduz. Rapidamente, ela esconde o lenço e se pergunta o que Rubião pode ter feito naquela sala.

Publicidade

E, claro, Anita logo descobre tudo o que o Intendente aprontou. 

Nas próximas cenas de Liberdade, Liberdade, Anita vai ao encontro a Rubião e age como se nada tivesse acabado de acontecer. A empregada entrega as botas do patrão, limpas e lustradas, então o vilão pergunta se "o resto" do quarto também está todo limpo. "Impecável, senhor", responde ela, solícita. Percebendo que a governanta sabe do que aconteceu na casa, o filho de Virgínia elogia que Anita é "uma amiga fiel".

Com um olhar suspeito, a empregada apenas sorri e responde: "fico feliz em saber que pensa assim, senhor". Será que ela guardará esse trunfo para quando quiser acabar com o romance do amado e Joaquina/Rosa? #Novelas #Conectados #Liberdade Liberdade