"Os Dez Mandamentos" foi marcado pelas pragas do Egito e a abertura do Mar Vermelho. Os efeitos especiais encantaram o público e revolucionaram o modo de fazer novela, mas esta trama está chegando ao fim na próxima segunda-feira (04) e no dia seguinte estreia "#A Terra Prometida", que é a continuação da história, entretanto com um estilo bem diferente, mais ao estilo de "Game of Thrones" com batalhas e até gigantes.

"A Terra Prometida" contará com 150 capítulos e mostra a continuação da caminhada dos hebreus rumo à terra prometida por Deus. Moisés já terá morrido e agora é Josué que tem a difícil missão de liderar seu povo.

Publicidade
Publicidade

Batalhas, guerras épicas e muitas lutas de espada será a grande característica desta trama bíblica e o autor, Renato Modesto, revela que mesmo não sendo esta a sua intenção, muitas das cenas vão ser bem parecidas com as já vistas em "Game of Thrones".

Como "Game of Thrones" é uma das séries mais famosas do momento, é esperado que as pessoas comecem a compará-la com as batalhas da nova trama da Record, entretanto o autor lembra que estas guerras existem em muitos outros filmes, assim como as histórias de cavalaria. Para conseguir realizar as cenas será preciso contar com pelo menos 80 atores e uma cidade cenográfica que ocupa 7 mil metros. A Record enviou 150 profissionais até Angola onde foram gravadas as cenas no deserto e também em Israel. Quem assistir "A Terra Prometida" ficará surpreso com a qualidade da produção.

Publicidade

A emissora acertou ao entregar "A Terra Prometida" a Renato Modesto, um grande fã de "O Conde de Monte Cristo" e "Os Três Mosqueteiros". O autor carrega uma grande bagagem para realizar uma produção neste estilo e dará à nova novela bíblica imagens bem realistas. E como não poderia deixar de ser, Renato também é apaixonado por "Game of Thrones", que será uma forte influência neste seu novo trabalho.

Assim como fez com "Os Dez Mandamentos", a Record tem intenção de levar "A Terra Prometida" para o cinema, por isto o capricho nas cenas deverá ser ainda maior. Ter a novela comparada com “Game of Thrones” é positivo por um lado, mas arriscado pelo outro, pois o público poderá se tornar exigente demais. Será que a Record está pronta para uma novela com super produção? A partir do dia 5, saberemos. #Novelas #Rede Record