Você sabia que seus gostos televisivos podem influenciar – e muito – a sua vida? Inclusive a sua vida amorosa? Por exemplo, você é fanático por #Game of Thrones e a pessoa nunca ouviu falar em Westeros ou Winterfell, preferindo passar por uma maratona de ‘Big Bang Theory”, como isso pode impactar você?

De acordo com um estudo recente, dentre as pessoas de 25 a 49 anos de idade, aproximadamente 30% não se relacionariam amorosamente com alguém com preferências opostas, no quesito: séries de #Televisão.

"Você não sabe de nada, Jon Snow" - Ygriit (Game of Thrones)

A fim de divulgar a websérie “Glued”, a operadora norte-americana Xfinity contratou a Propeller Insights para entrevistar e pesquisar pessoas a respeito de sua interação em relação à programação de TV.

Publicidade
Publicidade

Foram entrevistados 1.935 adultos da faixa etária supracitada, e o levantamento foi publicado no The Wrap (via AdoroCinema).

Você é o que você assiste

O levantamente apontou que a premissa é correta: 43% dos cidadãos solteiros da geração apelidada de Millennials, observam os gostos para séries das pessoas para basearem seus julgamentos. Essas mesmas pessoas já foram a um encontro amoroso movido pela preferência televisiva do pretendente. Contra 28% de pessoas que afirmaram não ir a um encontro baseado nas séries assistidas pelo futuro parceiro.

O amor está no ar

Do mesmo modo que gostos opostos em relação ao programa de TV preferido possa afastar alguma paquera, o seriado preferido também pode ser movido de união. Segundo 66% dos casais entrevistados, a relação foi fortalecida por assistirem televisão juntos.

Publicidade

Os casais da geração Millennials (nascidos nos anos 80 e 90), o número é mais expressivo: 75%.

De acordo com o estudo, casais que assistem programas por mais de 5 horas semanais juntos, são mais carinhosos. Favorecendo a intimidade e o bom humor, pois o hábito também ajuda a gerar piadas internas, e 74% dos entrevistados comprovam o fato.

Metade dos cônjuges têm preferência por colocar uma série em dia, ao invés de ir para a balada. Inclusive, 55% que participaram da pesquisam colocam seus filhos pequenos para dormir antes para que possam assistir #Seriados.

A Desvantagem

"Prometa que você não está acompanhando Mad Men sem mim." – Piper (Orange is Thr New Black)

O estudo e levantamento também indicaram que os casais com os mesmos gostos e hábitos televisivos podem criar longas discussões. Como assim? Metade dos casais admitiram assistir uma serem sozinhos, mesmo tento combinado de assistir com sua cara metade, e isso pode ser tão ruim quanto uma “traição”.

Contudo, este contexto é mais brando – além dos motivos óbvios – pois a geração Millennials é mais propensa a se sentir culpada e contar a verdade para o parceiro. Ufa!

Observação: Game of Thrones e The Walking Dead estão no topo das séries que mais aproximou casais em todo o mundo.

Onde você se enquadra?