Que Taylor Swift tem se envolvido em muitos escândalos nos últimos dias, isso não é novidade para ninguém. Tudo começou com a treta entre Taylor e a família West, depois do polêmico "famous", música de Kanye West que, de acordo com a loira, tem a letra era ofensiva e seu nome foi usado sem sua autorização. Se lançar uma música com letras ofensivas já foi suficiente para começar essa briga, imagine o que daria depois da divulgação do clipe. No vídeo, vários personagens #Famosos aparecem pelados em uma grande cama, todos dormindo. A cena dá a entender que ali havia ocorrido uma orgia. Dentre essas figuras famosas, estava Taylor do lado de Kanye West e Kim Kardashian.

Publicidade
Publicidade

Rihanna, Chris Brown e outras personalidades importantes aparecem no vídeo. Vale ressaltar que o clipe foi divulgado em uma grande arena alugada pelo próprio rapper, que contou com a presença de milhares de pessoas.

Depois desse embate contra Kanye West, foi a vez de Kim Kardashian entrar na briga. A esposa do rapper afirma que Taylor Swift sabia sobre a música e que tinha permitido a mesma. Kim ainda afirmou que tinha gravações com a suposta conversa entre o Kanye e Taylor, onde a loira concordava com a divulgação da música. De acordo com eles, Taylor sabia de tudo e havia autorizado a música.

Porém, não é bem isso que Taylor Swift afirma, pois a loira disse estar horrorizada com o clipe e que tudo aquilo foi um desrespeito para com sua imagem. A cantora chegou a ameaçar processar o rapper, mas parece que tudo só ficou na vontade mesmo e o assunto acabou morrendo.

Publicidade

Até aí os fãs da cantora teen estavam bem mais tranquilos, tudo parecia ter se normalizado. Mas as polêmicas ainda não acabaram, pois dessa vez Taylor está sendo acusada de tentar separar a girl band Fifth Harmony. Para quem acompanha uma das duas, deve saber que Taylor já convidou as meninas para cantarem com ela em uma de suas turnês, mas todo fã que se preze sabe que a cantora tem um apreço maior por Camila, a queridinha dos Harmonizers. A acusação partiu da tia de uma das vocalistas (Dináh), onde ela afirmava: "sempre soube que Taylor Swift era uma cobra! Tentando separar minhas garotas e usando Camila Cabello como sua protegida. Vadia, tchau! Você foi exposta!". O tweet já foi apagado pela mesma. #EUA