As declarações de Walter Casagrande sobre suas crenças religiosas foram dadas no programa Morning Show da Jovem Pan, exibido na quinta-feira (07). Quando um dos apresentadores perguntou a Casagrande sobre um anel de caveira que ele possui, o ex-jogador e comentarista esportivo enfatizou que tem grande religiosidade mas não possui religião.

Falou ainda que sempre foi admirador de Lúcifer e que refutou bastante a história de Cristo. Segundo ele, realizou pesquisas em diversos livros sobre demônios, leu a bíblia satânica e diversas outras obras que abordam o tema. Esclareceu ainda que, sempre foi ligado a caveiras e tudo relacionado sempre lhe chamou atenção.

Publicidade
Publicidade

Sua concepção sobre Cristo começou a mudar somente após ter sido ajudado pelo próprio Jesus. Certa vez, sentiu-se cercado por demônios em sua casa, naquele momento decidiu fazer a oração do Pai Nosso, no entanto, vozes lhes disseram que aquela oração não iria lhe ajudaria em nada, pois ele não acreditava, foi então que, começou a orar pedindo a presença de Cristo em sua casa, após a oração, a presença demoníaca começou a dispersar-se, contou ele aos apresentadores.

Walter disse ainda que, após o ocorrido realizou pesquisas na internet e nos dias seguintes orou a Cristo e ao arcanjo Miguel, porque este é um Arcanjo que protege as pessoas dos ataques de demônios. Depois de alguns dias orando, o clima pesado em sua casa começou a diminuir de forma gradativa até que acabou por definitivo.

 Após ter acontecido isso em sua vida, Casagrande afirmou categoricamente que continua admirando a história de Lúcifer e que o acha um personagem fantástico, mas agora, sua admiração e fé em Cristo é muito maior porque Ele o salvou.

Publicidade

Walter concluiu dizendo que não se tornou evangélico e que não precisa de um templo para adorar a Jesus, pois já faz isso em seu coração.

A declaração de Walter Casagrande tem causado grandes repercussões nas redes sociais, principalmente dos cristãos, que, afirmam que não se pode servir a Deus e à Lúcifer ao mesmo tempo. A justificativa está na Bíblia no livro de Mateus 6:24, que diz: “Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará um e amará o outro, ou será leal a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mâmon”. #Igreja #Futebol #Rede Globo