Quem ainda não se apaixonou por 'Stranger Things'? Quem ainda não assistiu, é claro! O novo seriado original da #Netflix é nada menos que espetacular. E, sem dúvida, o elenco escolhido é fortíssimo e grande parte desse sucesso todo é por causa dele. O desempenho dos atores é sensacional, o entrosamento entre eles flui extremamente bem.

Winona Ryder retornou ao topo em grande estilo, como a mãe de Will, Joyce Byers, que passa por cima de todos as acusações contra sua sanidade mental e se mantém fiel a ideia de que o filho está vivo - nada mais emocionante que a cena com as luzes de natal, não é mesmo? O núcleo infantil do seriado merece destaque, os atores são verdadeiramente incríveis, cada personagem cativou o público de uma maneira diferente e cativou também quanto grupo, pois a amizade sincera e forte entre eles é encantadora.

Publicidade
Publicidade

Mas o talento não ficou restrito a #stranger things, o grupo de amigos já soltou a voz por aí, juntos ou separados. Novamente Millie Bobby Brown, que já havia conquistado inúmeros fãs na pele da telepata Onze, os fisgou de vez ao fazer cover de grandes nomes como Adele e Amy Winehouse. Dessa vez, quem quis provar as habilidades vocais foram os atores que interpretam Dustin e Lucas, Gaten Matarazzo e Caleb McLaughlin respectivamente.  Os pequenos se arriscaram a cantar a música tema de abertura do seriado, só tem um porém, a música é instrumental.

O resultado ficou adorável! Confira:

O público brasileiro parece ter sido um dos mais afetados pela 'fofura' dessas crianças, e os atores que interpretam Mike, Lucas, Dustin, Will e Onze já agradeceram ao Brasil diversas vezes por todo o carinho. A segunda temporada de Stranger Things, de acordo com o CEO da Netflix, está garantida, afinal, segundo palavras do mesmo, seria 'burrice' não fazê-lo.

Publicidade

Os criadores da série já possuem um otimista planejamento de que os personagens se desenvolverão diante das câmeras, isto é, acompanharão a infância, a pré-adolescência e a adolescência dos personagens, ano a ano. Um exemplo de produção onde isso aconteceu foi 'Harry Potter'. #Seriados