Os ataques nas redes sociais parecem que não terão fim tão cedo. Os alvos principais são os #Famosos, que tem recebido nos últimos tempos ameaças contra a vida, em diversos textos publicados nas plataformas de algumas de suas redes oficiais. O mais recente caso, que acabou chocando o Brasil, foi de Ana Hickmann, que depois de receber várias ameaças na internet, acabou vivendo a realidade quando o fã entrou no quarto de hotel onde a apresentadora estava hospedada e tentou tirar sua vida. Por sorte, Ana escapou sem ferimentos, porém sua cunhada foi baleada.

Quem agora está vivendo momentos de pânico, é a atriz Deborah Secco, que segundo o colunista Léo Dias estaria recebendo pelo Instagram ameaças de morte. Segundo também o site da "Purepeople", cerca de 30 perfis estão sendo criados diariamente com o único propósito de enviar ameaças a atriz. Ainda segundo os relatos, isso já está acontecendo a cerca de 2 meses, e tem deixado Deborah à flor da pele de nervoso.

Publicidade
Publicidade

Vale lembrar que a pouco menos de 2 meses, a pequena atriz Maisa, sofreu vários ataques na internet, e também foi ameaçada de morte. Outros atores e cantores já passaram pelo mesmo problema, e muito chegaram até mesmo a procurar a polícia. Como foi o caso de Joelma (ex-mulher de Chimbinha), que procurou a polícia e prestou queixa, na Delegacia de Repressão a Crimes de Internet, ao receber várias ameaças.

A atriz Deborah Secco, ainda não falou nada sobre o ocorrido, segundo o colunista, e o site da Purepeople, que tentaram entrar em contato com sua assessoria de imprensa.

Ela que, recentemente, cumpria licença-maternidade, está com dificuldades em conciliar o trabalho, com a maternidade. Ela disse ao Gshow, " estou tentando retomar o ritmo, porque minha maior prioridade no momento e Maria, a bebê, então se eu tiver que fazer outra coisa, no momento, prefiro não fazer", comentou.

Publicidade

É importante lembrar que ameaças virtuais podem levar a prisão, segundo o artigo 147 do Código Penal Brasileiro, onde especifica que o #Crime de ameaças pode ser por palavras, gestos e qualquer outro tipo simbólico. A pena desse crime é de um (1) a seis (6) meses de prisão, além de multa. #Televisão