Mais uma vez o ex-ator da Rede Globo, #Pedro Cardoso, voltou a falar de trabalhos que fez para a televisão e mídia. A última vez que ele veio a público fazer isso foi no Programa do Gugu, em que conversou com o apresentador da Rede Record sobre seu passado na emissora da família Marinho.

Desta vez, Pedro disse, durante uma entrevista para o programa da TV Gazeta, 'A máquina', que se arrependeu de ter feito algumas campanhas publicitárias. O 'Agostinho' relatou que chegou a ganhar muito dinheiro com publicidade, atuando como garoto propaganda para diversas marcas. Porém, ele afirma que se arrepende bastante do que fez. Em sua fala, o ator, que está fora da Globo desde o fim da Grande Família, declara que fez algumas campanhas de publicidade com "profunda angústia".

Publicidade
Publicidade

A entrevista foi divulgada pela TV Gazeta ontem, dia 2 de agosto.

Ativismo político e social

Como se sabe nos bastidores da TV, Pedro Cardoso é declaradamente ativista de causas políticas e tem sido frequentemente criticado por apoiar a presidente afastada Dilma Rouseff (PT) durante sua investigação por crime de responsabilidade.

Sobre as publicidades que fez, o artista falou que sabe que elas poderiam ser prejudiciais.

"Eu me arrependo de ter feito alguns filmes de publicidade sobre produtos, mesmo agressivos, como planos de saúde. A gente sabe que o plano de saúde vive no Brasil da falência da saúde pública", relata. Fiz coisas que eu não acho que foram boas para quem viu, não tenho orgulho", completou para os jornalistas do programa.

O ator voltou a falar sobre o período em que trabalhou na TV Globo como o taxista Agostinho, que caiu na graça do público por seu jeito simples e "malandro" de viver a vida.

Publicidade

Para Gugu Liberato, Pedro disse que acha Agostinho uma síntese do povo brasileiro. O artista trabalhou na Globo entre 2001 e 2014 vivendo o personagem.

Ele afirmou que esteve no canal por dinheiro, mesmo que não concordasse com tudo. "A televisão foi uma circunstância econômica", esclareceu.

Dinheiro e liberdade

O 'Agostinho' falou ainda que na Globo ele tinha a possibilidade de ganhar algo "fascinante" no meio em que trabalha, o salário fixo.

O ator lembrou também que está em cartaz com sua peça, "O Homem Primitivo". Cardoso lembrou uma diferença da TV para o teatro: "é uma estrutura que poda muito a liberdade dos artistas envolvidos". #Famosos #Rede Globo