Certamente esta terça-feira (16) será de grande tristeza para os fãs de Elke Maravilha, que faleceu no Rio de Janeiro durante a madrugada, aos 71 anos, após quase um mês de internação. Ela foi submetida a uma cirurgia para tratamento de uma úlcera e estava em recuperação, mas nos últimos dias seu quadro se agravou. O irmão da atriz e eterna jurada de Sílvio Santos, contou que ela começou a apresentar uma série de complicações após a operação e o fato de ter diabetes dificultou ainda mais.

A sobrinha de #Elke Maravilha, Natasha Grunnupp, contou que apesar de internada e passando por tantos problemas de saúde, ela estava sempre feliz.

Publicidade
Publicidade

Assim que a notícia começou a circular nas redes sociais, muitos acharam que poderia ser mentira, mas pouco depois foi divulgada uma nota no Facebook oficial de Elke, confirmando seu falecimento.

Elke Georgievna Grunnupp nasceu na Rússia e seu sucesso começou mesmo a partir do momento em que se tornou jurada dos programas "Show de Calouros" e o programa do Chacrinha, na Globo.

Os pais de Elke vieram para o Brasil trazendo os 3 filhos e foram morar em Minas Gerais, na cidade de Itabira, onde ela cresceu em um sítio. Quando era adolescente, mudou-se com a família para Jaguaraçu e sempre vivendo no meio rural. Considerada por todos como uma jovem muito inteligente, falava vários idiomas e aos 20 anos foi para o Rio de Janeiro morar sozinha e trabalhou como secretária bilíngue.

Um dos primeiros momentos marcantes de sua vida foi em 1971, quando rasgou alguns cartazes que traziam fotos do filho de sua amiga Zuzu Angel, que foi torturado e morto.

Publicidade

Ela chegou a ser presa e ficou detida por uma semana.

No longo período em que trabalhou como jurada no Chacrinha e também com Sílvio Santos, sempre chamava a atenção pelas perucas e roupas exóticas que carregava, além da maquiagem pesada, mas também era conhecida pelo bom coração e sempre procurava passar mensagens positivas para os calouros.

Elke atuou em várias novelas, seriados e também esteve no cinema em curtas, longas e documentários importantíssimos. Hoje seu nome é o assunto mais comentado do Twitter e ela recebe homenagens de #Famosos e fãs anônimos que aprenderam a admirá-la e sentirão muita falta do seu talento, alegria e espontaneidade.

#Televisão