#Fátima Bernardes e #William Bonner passaram dois anos dormindo em quartos separados, porém debaixo do mesmo teto, na mesma casa, antes de decidirem postar no Twitter que estavam se separando. Após 26 anos de união matrimonial, em maio, segundo informações, o casal teria ido até a emissora em que trabalham, a Rede Globo, e comunicado aos diretores que estavam planejando uma separação. O motivo da separação do casal ainda é um mistério. Alguns portais de notícias afirmam que houve uma suposta atração do apresentador do Jornal Nacional por uma colega que trabalha na Globo.

Outros portais contam que, talvez, o rompimento do casal teria acontecido por causa de um suposto desgaste entre os dois, o que seria natural.

Publicidade
Publicidade

Já alguns jornalistas contam que a apresentadora do Encontro, programa matinal da Globo, estaria ganhando financeiramente três vezes mais que o seu marido e isso, supostamente, estaria incomodando-o. Há também uma informação de que William Bonner estaria sendo bastante temperamental e, algumas vezes, os dois entravam em discussões pesadas. 

Segundo o site ‘Glamurama’, William Bonner teria saído de casa antes de anunciar que estava se separando de sua esposa. O jornalista saiu com as suas ‘coisas’ da Barra, onde morava com Fátima, e partiu em direção à Lagoa, localizada na Zona Sul do Rio. Alguns portais de notícias também contam que os dois aproveitaram uma viagem de intercâmbio dos filhos, que têm 18 anos, para definirem o fim de seu matrimônio, sem interferências deles.

Bonner e Fátima utilizaram o Twitter para fazer o anúncio de sua separação.

Publicidade

Os dois fizeram três postagens, iguais, onde afirmavam que continuam amigos, mas que não são mais casados e estavam fazendo a publicação em rede social por respeito aos seus fãs e amigos. O fato interessante que aconteceu nesse episódio ficou por conta de um quadro do programa Encontro, onde poucas horas antes de anunciar a separação, Fátima Bernardes deu dicas de como ter um casamento duradouro. Isso, para muitas pessoas, foi uma espécie de "profecia".