No final da noite desta quarta-feira, 10, o narrador da Rede Globo de Televisão, Galvão Bueno, acabou fazendo meia culpa e realizando um pedido de desculpas entre dentes. Antes mesmo da partida da seleção brasileira contra a da Dinamarca ser exibida pelo canal, ele tentava esquecer as broncas dadas a #Neymar e companhia. Dias antes, o jornalista surpreendeu ao praticamente humilhar os jogadores pela falta de espírito esportivo e por não terem falado com o público depois de um empate com a não muito relevante seleção do Iraque. Já nesta quarta, após a camisa verde e amarela fazer a diferença, com os jogadores vencendo por 4 a 0, Galvão disse que sua bronca não foi em nome da TV Globo.

Publicidade
Publicidade

Ele disse que precisava dizer que o seu esporro não era porque Neymar não queria falar com a emissora, mas sim com o público. O tom extremamente mais ameno em poucos dias teria sido resultado de uma reunião do canal com seu comentarista mais bem pago. De acordo com uma fonte, Bueno teve a orelha puxada. A bronca só não foi maior contra ele porque realmente o Brasil estava passando vergonha e o público estava engasgado com a falta de bola nos pés dos atletas do time canarinho. A emissora não fez uma censura clara, mas teria lembrado que o que banca a transmissão são os patrocinadores e que boa parte deles trazia Neymar como garoto-propaganda. 

Não houve só conversa nos bastidores da TV Globo, como também no da seleção. O técnico Tite decidiu dar uma mãozinha para os jogadores e conversou com todos, mesmo não sendo o responsável pela seleção olímpica.

Publicidade

Empresários também entraram na concentração. Eles alertaram que essa má fase poderia até, na pior das hipóteses, encerrar contratos milionários, já que ninguém quer uma marca atrelada à derrota. 

Oficialmente, a Globo e a Confederação Brasileira de Futebol negam qualquer tipo de censura ou pressão para que os discursos sejam mudados. Se houve ou não, pelo menos deu resultado. O Brasil agora está classificado para a próxima fase e continua na disputa das Olimpíadas.  #Rede Globo