A Rede Globo de Televisão surpreendeu duplamente muitos telespectadores nesta terça-feira, 23. Primeiro por ter exibido pela terceira vez um programa feito em 2007. Segundo por mostrar não ter qualquer ressentimento contra a apresentadora Maria da Graça Xuxa Meneghel. Isso porque ela não foi cortada do especial 'Por Toda Minha Vida', que mostrou mais uma vez a vida e a morte do cantor sertanejo Leandro. Ele faleceu em junho de 1998, vítima de um câncer. Na atração, #Xuxa foi entrevistada por outra apresentadora do canal, Fernanda Lima. A loira faz revelações sobre sua amizade e lembra que Leandro a classificava como "a mulher ideal". Fernanda Lima então perguntou se ele falava isso para ela. 

"Fora das câmeras ele brincava e dizia isso.

Publicidade
Publicidade

O Leo não", disse Xuxa, que desde janeiro de 2014 não apresenta mais nada na Globo. Em 2015, ela foi contratada pela TV Record e há cerca de um ano ela apresenta uma atração nas noites de segunda-feira da emissora. A mãe da futura estilista Sasha disse que se lembra de uma vez que os dois entraram no camarim e a viram de minissaia. Leonardo teria dito que nunca a viu com tal roupa, uma das marcas da comunicadora, que durante anos também fez isso fazendo um conjunto com as famosas botas. Leandro então mandou o irmão parar de olhar tamanha exuberância.

"Enquanto o Leo sempre foi uma pessoa muito brincalhona, o Leandro sempre foi uma pessoa muito carinhosa e te olhava sempre dentro do olho", disse a apresentadora, que hoje namora o ator e cantor Junno. Ela disse que o artista falecido sempre a apertava, mostrando um carinho real.

Publicidade

Para a contratada da TV Record, o sertanejo não tinha qualquer receio de conquistar novos amigos. A Globo escalou 'Por Toda Minha Vida' para bater com a final do 'MasterChef' e deu certo. O enlatado chegou a bater picos de mais de 20 pontos na grande São Paulo, mesmo sendo um programa que já foi exibido algumas vezes. 

Além do depoimento de Xuxa, a TV Globo exibiu imagens da atração da loira na emissora, como o 'Xuxa Park', de 1996.  #Rede Record