A carioca Jady Bolt conseguiu sobreviver à primeira semana como subcelebridade. Seu rosto e nome ficaram conhecidos no fim de semana passado, quando a moça publicou fotos na cama com o velocista mais rápido do mundo no #Atletismo, o jamaicano #Usain Bolt. Em novas entrevistas, ela disse que é uma mulher muito difícil e que assim foi com Usain, que a conheceu naquela noite, mas já conseguiu levá-la para a Vila dos Atletas, onde os dois fizeram sexo. Em entrevista ao jornal Extra, a estudante falou ainda sobre como pretende gastar o dinheiro que tem recebido graças à fama inesperada. 

Depois de falar até em comprar casa para os filhos, Jady Duarte quer agora investir em beleza.

Publicidade
Publicidade

Nesta sexta-feira, 26, a estudante teria ido ao dentista para colocar as chamadas "lentes de contato", uma película capaz de deixar os dentes como mármores brancos. Cada dente custa em média R$ 3 mil para ser encapado. E não é só, na próxima segunda-feira, 29, a carioca fará procedimentos cirúrgicos. Entre eles está a implantação de próteses de silicone. De acordo com a jovem, depois que ela teve os dois filhos, engordou bastante. "Era magrinha", diz a moça que só tem vinte anos. 

Um cabeleireiro também mexerá nos cabelos da "senhora raio". Ao todo serão R$ 80 mil em transformações. A moça garante que não gastará um centavo e que tudo é publicidade. Ou seja, ela divulgará todos os profissionais que estão dando os presentinhos. Em entrevista à Revista Veja, a moça voltou a falar sobre como conheceu Usain.

Publicidade

Novamente, ela alertou para o fato de não ter reconhecido o corredor de cara. Jady garante que só teve a certeza que era o jamaicano, quando ele fez o símbolo do raio. 

Ela diz que todos da equipe do atleta a trataram bem e que foi fácil entrar na Vila dos Atletas. A moça conta que durante a relação íntima, o velocista colocou para tocar Work, de Rihanna. E que durante o enlace, ela chegou a colocar a camisa do atleta. Sobre as fotos, a garota garante que Usain deixou que fosse fotografado com  ele, sem ter o menor receio da repercussão.