Luciano Huck foi ao Maracanãzinho prestigiar a seleção brasileira de vôlei contra o México neste último domingo, dia 17, mas não foi muito bem recebido pela torcida. Nem todos ali sabiam da presença do apresentador, entretanto, durante o intervalo do segundo set, um jornalista que o descobriu no meio da multidão foi até ele para conseguir uma entrevista, que não foi negada.

Só que neste exato momento, Huck apareceu no telão e aí a torcida presente no estádio ficou sabendo de sua presença e então começaram a vaiar insistentemente, principalmente depois que ele começou a elogiar o Brasil.

O apresentador estava com seus filhos, Benício e Joaquim que pareciam não entenderem muito bem o que estava acontecendo e nem porque seu pai estava recebendo aquelas vaias.

Publicidade
Publicidade

Se mostrando calmo diante da situação, o marido da Angélica manteve o controle e não se deixou abalar e explicou que isto "faz parte".

Ao ser questionado sobre o fato de ser vaiado por todo Maracanãzinho, Luciano explicou que como pessoa pública é preciso saber enfrentar de tudo e que o estádio é um local onde qualquer pessoa fica exposta a isso, ainda mais quando se trata de um famoso. O apresentador ainda ressaltar que depois de quase 20 anos no ar, é importante saber lidar com os prós e os contras da carreira.

Mas um dos fatores que pode ter resultado nesta vaia em pleno Maracanãzinho é que Luciano Huck é grande amigo de Aécio neves, que é senador pelo PSDB. Nas redes sociais o apresentador é sempre muito criticado por isto e no estádio não foi diferente, já que muitos acusam o político de estar envolvido em diversos esquemas de corrupção.

Publicidade

Apesar das vaias, Huck pretende voltar a assistir outros #Jogos olímpicos, pois conta que esta é a oportunidade que está tendo de viver uma Olimpíada no Brasil e aproveitar ainda mais os filhos.

Vários outros #Famosos estiveram no jogo, torcendo pela seleção brasileira, mas somente o apresentador global foi vaiado.

No final, Luciano Huck preferiu esquecer as vaias que recebeu em pleno Maracanãzinho e foi comemorar com os filhos a vitória do Brasil sobe o México por 3 a 1. #Olimpíadas