Em todos os sites e jornais, só se fala em um assunto: Jady e a noite de amor dela com o atleta velocista jamaicano, Usain Bolt. Com certeza, foi algo que marcou as #Olimpíadas do Rio 2016 e que vai ficar na memória de muita gente. Ela tirou fotos com o atleta na cama e está curtindo uma fama inédita em cima desse assunto. Agora ela não quer esconder nada e contou aos jornais britânicos ‘Daily mail’ e ‘The Sun’ detalhes sobre a sua noite ‘quente de amor’ com o Bolt.

Pelo que a morena contou aos jornalistas, ao ver as partes íntimas do atleta ela chegou a se decepcionar pois, de acordo com o seu ponto de vista, os atributos masculinos dele não correspondem aos seus atributos físicos.

Publicidade
Publicidade

Ou seja, não são tão grandes quanto a moça esperava.

Ela também revelou que o ‘homem mais rápido do mundo’ na cama é bem calmo, bem diferente do que ele mostra ser nas pistas, onde corre como um foguete. Ela ainda contou detalhes de como o atleta a convenceu a ir até a vila olímpica usando um aplicativo de tradução e das duas horas em que os dois fizeram sexo ao som da música ‘Work’, da Rihanna.

A jovem ainda contou que eles fizeram duas pausas para beber durante o sexo e, embora Bolt tenha um corpo muito musculoso e preparado, a moça disse que ele não quis se apressar. Nas duas entrevistas a morena se mostrou estar um tanto decepcionada com a noite que passou com Bolt, com o modo que ele agiu e como tudo aconteceu.

Ao jornal ‘Extra’ ela chegou a contar que seu objetivo nunca foi tirar proveito do atleta famoso e que o dinheiro que ele deu para ela foi para pagar o táxi.

Publicidade

Mas já se sabe que ela acabou recebendo muito dinheiro com suas entrevistas, pelas quais pediu uma boa grana como pagamento.

Como Jady prometeu entrevistas exclusivas para os dois jornais britânicos, nesta terça (23) o jornal ‘The Sun’ foi até a delegacia Especial de Apoio ao Turismo que fica no Leblon, Zona Sul do Rio, e denunciou a morena por ela não cumprir o prometido. Enfim, um problema que a morena vai ter que enfrentar.  Seria este o preço da fama?