A #Rede Record de Televisão surpreendeu a todos com a nova chamada da novela “#Chamas da Vida”, que atualmente está sendo reprisada nas tardes da emissora paulista. O fato é que nesses momentos decisivos da trama de Cristianne Fridman, em sua reta final, a Record prometeu um final inédito.

Para quem não lembra ou não assistiu a trama na sua versão original, entre o dia 8 de julho de 2008 e 28 de abril de 2009, o grande mistério da novela era a revelação do incendiário que matou várias vítimas como o Tenente Wallace (Rodrigo Faro), Walter (Antônio Grassi), Miguel (Floriano Peixoto), Andressa (Mariana Hein) e outros no incêndio causado pelo mesmo.

Publicidade
Publicidade

Identidade do antigo incendiário

Na versão original, o incendiário era o jovem Léo (Rafael Queiroga), que era um antigo integrante da gangue do ferro-velho e trabalhava na Produtora, onde também trabalha Beatriz (Andreia Horta), por quem ele era loucamente apaixonado.

Para conquistar Beatriz e se vingar de Vilma (Luciana Lins), Léo se tornou o incendiário para incriminar e destruir a mãe de Beatriz.

Agora quem será o novo incendiário na reprise?

Com a confirmação de um final inédito na novela “Chamas da Vida”, nas tardes da Record, os telespectadores logo imaginam em um novo incendiário para trama, um novo destino para os integrantes da gangue do ferro-velho, e quem terminaria com quem, e outros finais que não agradaram o público na época.

Com quem ficaria com a Vivi (Letícia Colin)? Demorô (Dáblio Moreira) ou Guga (Thiago de Los Reyes) ou não terminaria com nenhum deles? Para a gangue, qual seria o final da turma do ferro-velho?

Finalmente, quem deveria ser o novo misterioso incendiário nessa reprise de 2016? O próprio Léo? Vilma por querer as ações da fábrica GG? Alguém da pensão da Vó Tuquinha (Íris Bruzzi)? Roberto (Giusippe Oristânio), irmão da Vilma? Lembrando que a Record somente anunciou um novo final, e não que mudaria os destinos dos personagens.

Publicidade

Como assim um final inédito se a novela já foi gravada?

Assim como na novela “Chamas da Vida”, e em muitas outras, as emissoras e as produtoras contratadas das mesmas sempre fazem vários finais para confundir a mídia e não ter o perigo de vazar a revelação dos mistérios das tramas.

Na época das gravações da novela “Chamas da Vida” não foi diferente. A emissora da Barra Funda pediu ao diretor Edgard Miranda para fazer várias cenas para serem escolhidas para o último capítulo, que teve uma média de 18 pontos, e picos de 22, alcançando a liderança por alguns minutos.

A novela é a sua própria concorrente

Atualmente, “Chamas da Vida” concorre na audiência com a sua própria trama no canal pago Investigação Discovery, mais conhecido como canal “ID”, às 19h30 e ao meio dia e meia, além de uma maratona aos sábados pela manhã. Por isso que a reprise na TV aberta pela Rede Record não tem uma boa audiência, tendo sempre uma média de 4 a 5 pontos.

Mudança de horário

O horário da reprise de “Chamas da Vida” é normalmente às 15h45, mas por causa das “Olimpíadas Rio 2016” algumas vezes os capítulos serão exibidos às 15h15, por motivo de algumas competições que entrarão às 16h ao vivo na tela da Record.

Publicidade

#Rio2016