A Rede Globo de Televisão bem que sonhava em ter um nome forte feminino em sua grade. Hoje, sem sombra de dúvidas, Eliana é a única mulher que consegue conduzir de forma firme um programa de auditório ao vivo, superando até mesmo diversos nomes globais, como Fátima Bernardes e Fernanda Lima. Sempre solta e natural, ela pega o Ibope lá embaixo deixado por Celso Portiolli e o 'Domingo Legal', elevando-lo para a briga pelo segundo lugar com Rodrigo Faro, que quando vai bem fica à frente até do maior salário da televisão brasileira, Fausto Silva.

Essas informações todas ajudam a explicar o quão difícil é o horário de domingo disputado pela loira e a importância que ela tem não só para o #SBT, mas como também para toda a televisão brasileira.

Publicidade
Publicidade

De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin em reportagem publicada nesta segunda-feira, 01, as condições de renovação de Eliana com a emissora de #Silvio Santos mostram todo o prestígio que ela tem na emissora, sendo o seu rosto feminino mais importante. O canal e a apresentadora renovaram a parceria por mais três anos, depois que especulações sobre a possível saída dela do SBT começaram a repercutir na mídia.

O nome de Eliana é até mais forte do que o da filha de Silvio, Patrícia Abravanel, que também vai muito bem na preferência do público, mas que acabou se "enbananando" ao dar algumas declarações. Além da renovação, Eliana tem um estilo diferente e não faz o mesmo que outros colegas de casa, como Raul Gil e Ratinho. Ambos dividem lucros e custos de seus programas com o SBT.

Publicidade

Ela não. A loira tem um salário bem alto e tudo o que vai ao ar é responsabilidade do próprio SBT. Assim deve continuar pelo menos até o fim de 2019.

Para manter Eliana longe da Globo, Silvio paga à ela todos os meses cerca de R$ 800 mil, valor maior até do que recebe Ana Maria Braga na Globo. Existe agora a possibilidade da loira ter um segundo programa no canal, ocupando o horário nobre da emissora. Não há mais detalhes de como o programa seria feito, mas será ela a nova Hebe?