"Só depois de morto", teria avisado o apresentador Silvio Santos ao seu staff quando o SBT recebeu várias propostas para alugar horários para igrejas, especialmente as evangélicas. Atualmente, aos 35 anos de idade, a TV de Senor Abravanel é a única aberta que não tem qualquer atração religiosa ou que fale sobre esse tema. Até mesmo a Globo exibe a 'Santa Missa' aos domingos, mas nesse caso paga para mostrar os cultos católicos. O pagamento é feito por meio de parceria, com o canal exibindo propagandas dos eventos da igreja governada pelo Papa Francisco.

Até mesmo a TV Cultura, que é bancada pelo estado, passa a 'Santa Missa'.

Publicidade
Publicidade

O espaço, é claro, é bem questionável, afinal, as concessões são públicas e o estado brasileiro diz em sua constituição que é laico. RedeTV!, Gazeta, Record e Bandeirantes fazem ainda pior. Boa parte da sobrevivência desses canais é bancada pela alocação dos canais. Segundo uma reportagem publicada nesta sexta-feira, 19, pelo jornalista Ricardo Feltrin, a Record recebe todos os anos R$ 550 milhões da Igreja Universal do Reino de Deus para exibir atrações como o 'Fala Que Eu te Escuto'. A Band ganha ao todo R$ 150 milhões e a Gazeta R$ 20 milhões por ano.  

Mesmo passando por crises econômicas importantes, o #SBT nunca ficou tentado em vender seu espaço. Em 2012, por exemplo, a Igreja Mundial do Reino de Deus tentou alugar os espaços da madrugada da rede TV e ofereceu uma boa grana para isso.

Publicidade

Na época, o valor foi de R$ 200 milhões. O valor corresponde a cerca de 20% do faturamento anual do canal, que já é ultrapassado no Brasil pelo Netflix. Mesmo tendo a segunda colocação no Ibope, o SBT acaba arrecadando muito menos do que a Record, por exemplo.

Além do dinheiro da igreja, o canal de Edir Macedo investe em mais programação ao vivo, enquanto o de Silvio prefere os "enlatados". Produções próprias costumam cobrar mais caro, além de ter a possibilidade da propaganda no meio da atração, o que é um lucro extra. Em 2005, Macedo teria tentado convencer o comunicador ao mesmo feito, vender as madrugadas. Com uma valor maior do que o oferecido pelo apóstolo Valdemiro Santiago, ele também ouviu não.  #Silvio Santos