Um vídeo caseiro que mostra o ator Johnny Depp em momentos de raiva e violência está dando o que falar.  

A mulher dele, Amber Heard, filmou o artista norte-americano na cozinha do casal e quer apresentar as imagens aos tribunais como prova de que fora vítima de violência doméstica.

No vídeo ele aparece de chapéu e óculos escuros extremamente exaltado, batendo as portas dos armários, dando chutes na mobília e falando palavrões. Ela pergunta o que aconteceu e ele segue com gestos enfurecidos, jogando copos e fechando portas com toda a força.

Depois ela quer saber o que o fez mudar de humor, já que ele estava carinhoso naquela manhã.

Publicidade
Publicidade

E pergunta se ele teria tomado toda a garrafa de vinho pela manhã.

Nas imagens, que duram aproximadamente um minuto e meio, ele realmente aparenta estar alcoolizado. Depois de se servir de um copo de vinho, ele se exalta mais ainda, de forma gratuita. Alguns jornais dizem que esse gesto, porém, foi porque ele percebeu que estava sendo filmado pelo celular de Amber.

As imagens foram primeiramente divulgadas pelo site TMZ, especializado em celebridades de fama internacional, nesta sexta-feira (12).  E o assunto rapidamente se espalhou.

De acordo com a página TMZ, Deep não sabia que estava sendo filmado, o que invalidaria o material como prova. Seus advogados dizem que a filmagem foi uma armação e que as cenas foram editadas de uma forma que mudam completamente o contexto da situação.

O casal, que oficializou a união em 2015, passou por processo de separação recentemente.

Publicidade

Há três meses a atriz já havia acusado Deep de violência doméstica. Na época ela divulgou fotografias de seu próprio rosto com hematomas. As marcas seriam resultado de um aparelho de celular que Depp teria arremessado contra a moça, depois de uma briga na casa dos dois, em Los Angeles.

O ator de Piratas do Caribe, de Eduard Mãos de Tesoura e de Fábrica de Chocolate, nega que tenha ferido a também atriz e ex-companheira. A Justiça americana já deu uma ordem de restrição que impede Deep de se aproximar da ex-mulher.

#Crime #Casos de polícia