O apresentador William Bonner é um dos nomes mais conhecidos do jornalismo brasileiros. Até aí tudo bem, todo mundo sabe. O que não é tão comum é ver o editor-chefe do '#Jornal Nacional' cometendo erros graves, desde os erros de leitura das notícias até a troca de câmeras. Já no começo desta semana, o marido de Fátima Bernardes parecia empolgado ao comandar o principal telejornal da emissora carioca, quando acabou pagando um "mico" ao vivo". O erro do comunicador ficou feio no ar. Ele tentou algumas vezes acertar em qual câmera iria falar. Ao ver que não estava dando certo, o editor-chefe do 'Jornal Nacional' disse: "Nesta câmera aqui, por favor”.

Publicidade
Publicidade

É bom lembrar que no passado o jornalista já teve erros piores no passado. Ele encerrou pelo menos dois telejornais antes da hora. Esse tipo de erro acontece devido ao grande estresse do trabalho diário e também por uma falta de comunicação. Ele não é o único a trocar as bolas ao vivo. Grandes nomes do jornalismo já fizeram a mesma coisa, como Ana Paula Padrão. O problema é que #William Bonner, sempre no tom de brincadeira que costuma também usar nas redes sociais, mostrou que realmente não gostou do que ocorreu. 

“Já tava me antecipando aqui na câmera errada , Maju. Olha o mico de novo! Tô virando especialista em pagar mico no ‘Jornal Nacional'”, contou o comunicador antes de começar a previsão do tempo com a repórter Maria Júlia Coutinho. A moça do tempo tentou amenizar a situação, dizendo que isso faz parte.

Publicidade

O marido de Fátima Bernardes então usou seu Twitter para brincar e dizer que está ficando velho. No microblog de 140 caracteres, Bonner que se autointitula de "tio" anunciou que a aposentadoria se aproxima..”.

Ele ainda lembrou outro mico cometido recentemente durante a abertura dos jogos olímpicos do Rio de Janeiro. No telejornal daquele dia, que foi ancorado diretamente do Maracanã, o jornalista tentou lustrar a careca de um homem que trabalharia para o canal, mas que estaria invadindo as imagens do estúdio de vidro montado no Maracanã.