Os acontecimentos de "#A Gata" parecem não parar mesmo. A trama, protagonizada por Maite Perroni e Daniel Arenas, está cada vez mais movimentada. E os frutos desse turbilhão de emoções não demoraram a parecer, já que o folhetim é considerado um fenômeno por todo o Brasil.

Após não se casar com Mônica ao ver seus filhos no altar, as coisas não ficam nada fáceis para Paulo. Ao voltar para casa, o rapaz e seu pai discutem feio e trocam várias acusações. Revoltado com as mentiras que o separaram de Esmeralda, Paulo joga todas as armações de Augusto em sua cara e o magnata, por sua vez, revela que eles devem sua fortuna ao fato dele ter roubado Silencioso.

Publicidade
Publicidade

Diante dessa revelação, Paulo decide sair de casa.

Querendo se isolar de tudo e de todos, Paulo arruma um emprego para pintar um mural em um palco ao ar livre, mas algo com que ele não contava era ver sua amada e seus filhos passando pela rua. A surpresa ao vê-los é tanta que Paulo, que estava a uma altura considerável, pisa em falso e cai.

Socorrido imediatamente e submetido a exames, o jovem é diagnosticado com uma contusão cerebral e, além disso, com depressão ao serem encontrados altos níveis de uma substância em seu organismo que indica que ele não tem dormido bem.

Ao saber do ocorrido, Lorena se desespera e, como sempre, culpa Esmeralda.

Se dando conta de que o estado de seu filho é realmente grave, Lorena decide falar com Esmeralda. Em conversa, a megera, apesar de ainda culpar a ex-catadora por toda a situação, pede à ex-nora que vá ver Paulo.

Publicidade

Diante desse gesto, Esmeralda se desespera, pois se dá conta do quão mal seu amado deve estar.

Durante a visita, Paulo e Esmeralda conversam abertamente. Sincera, Esmeralda diz que achou que não era necessário esclarecer quem era o pai de seus filhos e que a pergunta de Paulo a magoou muito, pois ele foi o único homem da vida dela.

Paulo, por sua vez, admite que ela é uma mulher decente e de moral intocável, enquanto ele é filho de um ladrão. Compreensiva, a moça diz ao seu amado que ele nunca foi soberbo como seus pais e que eles não devem assumir culpas que não são deles.

Paulo, se sentindo baixo e sujo, diz que tem vergonha por ter julgado tanto Esmeralda e ter pensado tanto mal dele. Esmeralda diz que o ama e que só consegue pensar neles e em seus filhos. Quando Esmeralda começa a descrever os gêmeos, Paulo a impede, alegando que é um momento difícil para ele e ela respeita, mas diz que levará as crianças no dia seguinte para que o pai os veja. #Novelas #SBT