A novela "#A Gata", transmitida pelo canal paulista #SBT e protagonizada por Maite Perroni e Daniel Arenas, definitivamente, é uma das tramas mais turbulentas que passou pelo Brasil nos últimos anos.

Como se já não bastassem todos os empecilhos para a felicidade de Paulo e Esmeralda, agora o pai da ex-catadora também entra para essa crescente lista. Ressentido e cheio de desejos de vingança, após ter passado 20 anos na cadeia, por culpa do pai de Paulo, Augusto, o magnata, chega ao extremo de querer impedir que Esmeralda leve os filhos para verem o pai, o que acaba causando uma severa discussão entre os dois.

Tudo começa quando, após visitar Paulo no hospital depois do grave acidente que o rapaz sofreu, Esmeralda promete levar os gêmeos para que seu amado os conheça.

Publicidade
Publicidade

Preocupada com Paulo, Esmeralda está disposta a levar as crianças para que o rapaz as conheça, mesmo Jacira dizendo que Silencioso já chegou até a ameaçá-la por conta disso. Esmeralda, por sua vez, não está disposta a ceder a chantagens e tenta sair escondida da casa acompanhada de seus filhos e Jacira. Mas, quando Silencioso as surpreende, tem início uma acalorada discussão.

Decidida a não ceder, Esmeralda diz que deve muito ao Silencioso, mas que o amor que ela sente por Paulo é maior que tudo e que o rapaz é inocente, tendo sido vítima de tramoias tanto quanto ela. Silencioso então diz que seria melhor que ele lhe lembrasse de todas as humilhações que Paulo a fez passar, e que o rapaz que deveria ir até ela, não ao contrário.

Quando Esmeralda diz que seu amado está muito doente, Silencioso chega ao cúmulo de dizer que, quem sabe isso não seja melhor e, diante do choque sua filha, o ex-presidiário se explica dizendo que não diz isso por crueldade, mas sim porque ele precisa se vingar.

Publicidade

Silencioso continua dizendo que Paulo ter deixado Mônica no altar é só o primeiro passo de muitos que o rapaz precisa dar e Esmeralda volta a dizer que Paulo não tem culpa de tudo que Augusto fez. Silencioso, então, retruca dizendo que sua filha não será feliz antes de sua vingança.

Esmeralda então pede que seu protetor entenda que machucar Paulo seria a mesma coisa que machucar seus filhos para ela, mas Silencioso está irredutível e diz à moça que ela terá sim que manter a promessa que fez a ele de só se aproximar de Paulo quando sua vingança estiver concluída.

A jovem, sem medo, enfrenta o magnata e diz que irá sim e que não permitirá que ele siga se metendo nas decisões dela e de seu amado. Nisso, Silencioso diz que não que ser obrigado a contar algo à moça que daria total poder a ele sobre ela diz que não é certo ela ir correndo ver Paulo. Esmeralda responde que o que não é certo é querer proibi-lo de ver os filhos e saí.

E agora, como ficarão as coisas entre pai e filha? #Novelas