Após ter um vídeo divulgado nas redes sociais, Alexandre Borges resolveu vir a público para prestar alguns esclarecimentos às pessoas que gostam do trabalho dele. O ator teve um vídeo vazado em que mostra ele, uma mulher e duas supostas transexuais em um apartamento, no Rio de Janeiro. Nas redes sociais, alguns internautas passaram a supor que nessa situação, na verdade, houve uma suposta orgia e, inclusive, com consumo de cocaína. O ator negou tudo e afirmou que, na verdade, os seguidores que estariam comentando isso estavam enganados porque, de acordo com ele, aconteceu apenas um encontro casual entre três pessoas.

“Não existiu nenhum tipo de relação sexual, orgia e consumo de cocaína com as pessoas envolvidas”, detalhou o ator ao portal “Extra”.

Publicidade
Publicidade

Ele ainda fez ressalvas afirmando que, depois de um curto período de tempo com as pessoas no apartamento, ele teria achado melhor não estender o encontro e logo pediu para que aquele momento fosse encerrado: “Quando percebi que não queria mais continuar, encerrei”, relatou.

Borges diz que na gravação outra pessoa também aparece e que, de acordo com ele, essa mesma pessoa pediu para que ela não tivesse o nome divulgado pelo ator, caso ele desse algum tipo de entrevista ou esclarecimento nas próprias redes sociais. Já a respeito de sua opção sexual, Alexandre explicou ao público que não tem nenhum tipo de preconceito com relação a opção sexual das pessoas, porém, ele sabe muito bem o que gosta: “minhas opções são claras para mim”, explicou. O ator disse que não vai procurar a justiça para punir possíveis responsáveis pelo vazamento do vídeo e, também, explicou que o que ele faz ou deixa de fazer em sua vida pessoal é uma questão que cabe a somente ele.

Publicidade

O ator afirmou que, ao fazer a explicação pública, Borges não estaria pedindo desculpas aos seus fãs que possivelmente tenham ficados constrangidos ao verem o vídeo vazado, segundo ele, como não aconteceu cena de sexo ou qualquer outro tipo de situação que venha a denegrir a sua imagem publicamente, o ator não vê motivos para pedir desculpas e muito menos tomar alguma atitude jurídica. “Quero o bem de todos os envolvidos.”, destacou. #Curiosidades