A modernização dos tempos está fazendo com que esteja ficando cada vez mais comum a divulgação de fotos sensuais envolvendo anônimos e #Famosos. Antes, momentos que somente aconteciam em quatro paredes, agora são expostos para todo o mundo, internacionalizando algo que é visto como um crime pela legislação brasileira. Quem está vivendo esse drama pessoal é uma apresentadora conhecida na Rússia, Dana Borisova. Ela ficou conhecida no país por ter posado sem qualquer roupa para a revista Playboy. Por isso, ela se tornou uma das mulheres mais famosas daquele país. Hoje a loira tem 40 anos e uma lista enorme de trabalhos. No entanto, na Rússia só se fala mesmo das nudes em que ela aparece em posições para lá de íntimas. 

A loira quarentona está batendo um verdadeiro bolão.

Publicidade
Publicidade

De acordo com ela, o que houve mesmo foi um crime virtual e que muitas fotos dela completamente nua estão sendo misteriosamente sendo compartilhadas nas redes sociais. Inicialmente, DANA BORISOVA disse que quem mesmo tinha feito a divulgação desse conteúdo teriam sido hackers. Depois, no entanto, ela começou a dizer que quem teria mesmo divulgado as fotos teria sido quem menos ela esperava, acusando um homem que ela levou para cama de ter cometido tamanho crime. 

"Eles invadiram minha conta de e-mail. Primeiro apagaram todas as fotos do meu casamento, depois pegaram as fotos íntimas e espalharam por aí", disse ela acusando os supostos malvadões da internet. A modelo disse que uma das contas de e-mail dela foi completamente invadida. Nela, ela armazenava diversos conteúdos pessoais e depois o conteúdo acabou se perdendo.

Publicidade

A apresentadora russa lamentou até o sumiço de fotos de sua filha pequena. 

As imagens da garotinha, que a comunicadora tanto queria, no entanto, até agora não apareceram. Já as poses comprometedoras....  em uma delas, Dana aparece exibindo os seios. Já em outra, ela está literalmente de quatro. O ex marido dela, um empresário chamado Andrey Tishchenko, recebeu acusações pelo crime, mas até agora nada foi comprovado.  #É Manchete!