Morreu nesta segunda-feira (26), a cantora mineira Carmen Silva, mais conhecida popularmente como Pérola Negra. A notícia deixou os fãs da cantora muito tristes na manhã desta segunda.

A artista já estava com a saúde debilitada, ela encontrava-se internada na capital paulista desde o dia 14 deste mês de setembro. Conforme informações do hospital onde a cantora estava internada, o motivo do falecimento foi uma complicação decorrente de uma parada cardíaca, devido a uma tromboembolia.

A cantora mineira morreu aos 71 anos de idade. Carmen Silva nasceu na cidade de Veríssimo, cidade localizada na região do triângulo mineiro.

Publicidade
Publicidade

A mineira que tinha um talento nato para a música, enfrentou vários desafios até conseguir alcançar o estrelato em sua carreia artística. Ainda na sua juventude ela precisou trabalhar como babá e também com serviços domésticos, mas alimentava um sonho que parecia quase impossível, o de ser uma cantora de sucesso.

A jovem talentosa não se deixou abater pelas adversidades da vida, ela correu atrás de seu sonho, com muita determinação e perseverança, começou a participar de programas para calouros. No final da década de 60, a cantora conseguir ganhar um concurso, na época realizado pela rede Record, Um Cantor por um Milhão, um Milhão por uma Canção. O programa foi um sucesso de audiência na ocasião e fez com que Carmen tivesse visibilidade.

A participação no programa de televisão acabou rendendo o convite para a gravação do seu primeiro disco compacto.

Publicidade

O lançamento aconteceu no país no ano de 1969, com a música de trabalho, Adeus solidão. A artista teve outros grandes sucessos em sua carreira artística e colecionou vários prêmios e troféus em toda sua jornada musical.

Carmen começou a ter problemas durante a década de 90, a carreira musical da cantora começou a declinar, em consequência ela passar por problemas de saúde por causa de crises depressivas. Nessa ocasião fez uma viagem para os Estados Unidos para fazer uma visita a sua filha Karla, que era evangélica.

Carmen Silva então se converteu ao evangelho, iniciando uma carreira de sucesso no ramo gospel no ano de 2001.O seu primeiro CD vendeu mais de 100 mil exemplares. #Gospel #Morte