Nesta segunda-feira, 12, um texto publicado no jornal 'Folha de São Paulo' teve repercussão nacional. A crônica em tom de perdão foi escrita pelo comediante Gregório Duvivier foi endereçada a sua ex-companheira, a atriz e cantora Clarice Falcão. Um dos fundadores do 'Porta dos Fundos' relata parte da infância dos dois e parece lembrar com muita saudade de tudo o que viveu com a morena. Os dois terminaram no fim do ano passado. Não demorou muito para que todos descobrissem que, acima de tudo, o texto era uma ação de marketing de um filme protagonizado pelos dois envolvidos e que estreia nesta quinta-feira, 15. 

E não é só.

Publicidade
Publicidade

Falcão já estaria com um bonitão. Quem informou foi  o próprio escritor do texto que fez muito sucesso na 'Folha de São Paulo'. De acordo com ele, a protagonista do filme 'Desculpa o Transtorno', estaria namorando um outro rapaz. Gregório, no entanto, não encontrou a tampada panela. O ator comentou o tal fato da vida seguir e da fila andar em uma entrevista dada ao portal de fofocas EGO. "Acho muito bom isso, e cada um deve celebrar isso. As relações passam e isso não é ruim, é bom porque deixa frutos para a vida", disse o escritor.

Duvivier ainda revelou que seu relacionamento com Clarice deixou apenas bons frutos e que ele tem muito orgulho de tudo isso. O artigo, é claro, virou alvos de questionamentos da imprensa devido a sua ampla repercussão, especialmente na internet. Gregório se fez de desentendido e disse que não esperava que o texto tivesse tanta repercussão assim.

Publicidade

Para ele, a crônica teria o mesmo barulho das outras. Militante político, comediante e com opiniões polêmicas, Duvivier virou uma personalidade que as pessoas parecem querer ouvir o tempo todo. 

Segundo o comediante, o texto 'Desculpe o Transtorno' foi uma forma sincera dele celebrar o fim de uma elação boa. O objetivo, alega ele, não foi para agradar a todos, mas apenas para ser algo marcante para ele. "Tanto eu quanto Clarice fomos felizes”, garantiu o integrante do 'Porta dos Fundos'.  #É Manchete!