Dalva (Mariene de Castro) e Cícero (Marcos Palmeira) vão se separar no final da novela "Velho Chico", que tem como um dos momentos mais aguardados o casamento de Santo (Domingos Montagner) e Tereza (Camila Pitanga).

Dalva vai seguir o conselho de Iolanda (Christiane Torloni), que deixou a fazenda depois da morte de Encarnação (Selma Egrei). A cantora falou para Tereza (Camila Pitanga) que todas as pessoas que a seguravam no local foram embora, e ela precisava seguir seu destino.

A Afrânio (Antonio Fagundes), culpou o coronel Saruê por roubar seu amor. Depois, avisou Dalva de que ela deveria fazer a mesma coisa: seguir seu caminho juntamente com Cícero (Marcos Palmeira).

Publicidade
Publicidade

A empregada realmente toma essa decisão, mas não é acompanhada pelo jagunço, que frisa que a fazenda de Afrânio é o seu lugar. Os dois se encontram após a mudança dela no bar de Chico Criatura (Gésio Amadeu), onde ela aparece cantando e o jagunço não fica nada contente com o que vê.

"Vem, Dalva. Chega com isso! Vamos embora que esse show deu onde tinha que dar!", afirma Cícero, segundo informações publicadas pelo site da jornalista Patrícia Kogut.

Dalva pede que o namorado tire as mãos dela. "Já disse que não quero saber de mulher minha metida em cantoria no meio desses assanhados", resmunga ele.

"Primeiro que não sou mulher sua, depois que não tem assanhado nenhum. Sei me dar o respeito!”, retruca Dalva, sem paciência. "Se soubesse, não estava querendo discutir ainda! Se soubesse, não tinha era nem vindo!", dispara ele.

Publicidade

Mas Dalva comenta que o namorado não tem o menor respeito por ela, caso contrário também teria saído da fazenda do coronel, mas ele afirma que a avisou que sua vida é na casa do patrão.

Então, ele dá um ultimato e pede que Dalva escolha: ou a vida de cantora ou ficar com ele. A questão é que Cícero é surpreendido com a resposta dela: decidida, Dalva argumenta que prometeu que não sentiria vergonha do que faz, e sim orgulho. Por isso, por mais que esteja apaixonada por ele, não vai deixar as coisas que acredita de lado.

Ao ouvir a afirmação, Cícero dá as costas para Dalva e vai embora, deixando-a chorando no bar. #Dalva e Cícero #Novelas #Velho Chico