A atriz Deborah Secco esteve na manhã deste sábado, 03, no 'É de Casa', programa matinal da Rede Globo de Televisão. Muito sorridente e falando da família, ela não comentou sobre um momento difícil de sua vida. A profissional da dramaturgia vem recebendo ameaças de morte na internet há aproximadamente dois meses. Em entrevista ao portal de famosos 'EGO', a famosa que já interpretou personagens como a ex-prostituta Bruna Surfistinha, confirmou que as ameaças realmente estão acontecendo e que são insistências. Os comentários agressivos, no entanto, foram apagados recentemente. 

Deborah Secco tem evitado falar sobre o assunto.

Publicidade
Publicidade

Ela quer falar de trabalho e de coisas boas. "Não quero falar desse assunto até tudo se resolver", contou a famosa em tom preocupado. A famosa apenas se limitou a dizer que as medidas cabíveis estão sendo tomadas. Ela informa que já acionou as redes sociais em que os ataques aconteceram, o Facebook e o Instagram. Além disso, segundo Deborah, a Polícia também foi contactada. No desabafo, Secco disse: "A Polícia foi contactada e confio muito no trabalho dela". 

De acordo com a contratada da Rede Globo, agora o jeito é esperar que tudo seja solucionado. Ela disse ter esperança que o melhor possível irá acontecer. Secco não é a única personalidade da mídia que já sofreu ameaças fortes de morte. No início dos anos 2000, quem não se lembra do sequestro da filha de Silvio Santos, a hoje apresentadora Patrícia Abravanel? Após libertar Patrícia, o sequestrador ainda invadiu a casa do dono do SBT.

Publicidade

Houve negociação e por sorte todos ficaram bem.

As ameaças virtuais viraram um hábito na vida dos famosos. Ana Hickmann, por exemplo, não maldava comentários pesados de um fã, até que esse a sequestrou no momento em que ela se hospedava em um hotel, em Minas Gerais. O criminoso acabou sendo morto pelo cunhado de Ana em uma situação traumática. A família do morto acusa o cunhado da apresentadora de ter assassinado o fã sem necessidade. 

A cantora Mariana Belém também foi ameaçada recentemente. Ela precisou ir à Polícia depois de ver que comentários ruins estavam sendo feitos para ela e as filhas Júlia e Laura. #Crime #Investigação Criminal