O Netflix, serviço de streaming e que também produz muita coisa próprias, no começo desse mês começou a retirar de seu catálogo várias #Novelas da emissora mexicana Televisa provocando, com isso, uma enxurrada de reclamações.

O primeiro título de sucesso a deixar o catálogo do famoso serviço foi "Lo Que La Vida Me Robó", trama estrelada por Angelique Boyer e Sebástian Rulli e que é uma versão contemporânea de "Amor Real", que por sua vez é protagonizada por Fernando Colunga e Adela Noriega, com produção de Carla Estrada. Várias outras produções devem seguir seus passos. Entre elas estão os fenômenos "A Usurpadora", "A Feia Mais Bela" e ainda "Rebelde", fenômeno teen que contava com nomes como Anahí, Alfonso Herrera e Christian Chaves, além de ter revelado as musas Maite Perroni e Angelique Boyer.

Mas você sabe a que se deve essa atitude repentina? Bom, provavelmente tal fato se deve ao próprio serviço de streaming da Televisa, o Blim, que acaba de ser lançado.

Publicidade
Publicidade

Todo o conteúdo já citado, além de mais obras que ainda estão disponíveis, tais como a série "Chapolin" e as novelas "Rubi" e "La Tempestad", devem ser todos disponibilizados por lá de agora em diante.

Mas isso ainda não é o pior. Além de não renovar o contrato com a Netflix e estar retirando grande parte de seu conteúdo do YouTube, o Brasil é o único país da América Latina em que o Blim não se encontra disponível, dificultando assim a vida de todos.

Vale lembrar também que recentemente o #SBT, outra ótima fonte de #reprises mexicanas, também limou-as definitivamente de sua grade, ficando apenas com produções inéditas no ar.

E, como se não já bastasse tudo isso citado acima, a Televisa, também recentemente, anunciou que não lançaria mais os famosos compactos de suas novelas em DVD.

Mas e agora a pergunta que fica é: quem poderá nos defender? A sincera resposta é que não sabemos.

Publicidade

O jeito é torcer para que ou esse Blim finalmente seja liberado por aqui o mais rápido possível ou que o SBT faça como sempre fez e volte com as reprises.