Neste domingo, 25, o apresentador Fausto Silva recebeu o ginasta Diego Hypólito em seu programa, após a polêmica em que ele foi proibido de participar de um quadro musical. Diego pediu desculpa, agradeceu pela nova oportunidade e disse que era muito fã do comunicador, mas que naquele momento, o mais importante para ele eram os jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Diego acabou vencendo a medalha de prata no tablado, seu melhor resultado nos jogos. Durante a conversa, Faustão comentou o polêmico projeto de lei do governo federal que quer fazer mudanças profundas no ensino médio de todo o Brasil. 

Inicialmente, a modificação, que ainda está sendo discutida, tiraria a obrigatoriedade de diversas disciplinas, como já acontece fora do país.

Publicidade
Publicidade

Além disso, o tempo na sala de aula aumentaria e o aluno poderia escolher que disciplinas vai estudar. Uma das maiores polêmicas está voltada no fim obrigatório de disciplinas como a educação física, Artes, sociologia e filosofia, que hoje, na prática, não são tão presentes no currículo escolar brasileiro. "Esse governo mal começou e já está promovendo um monte de cagadas", disse Faustão citando o atual presidente do Brasil, Michel Temer, do PMDB.

Diego ainda corroborou com as opiniões de Faustão, dizendo que o esporte também muda as vidas, mas que o investimento hoje nessa área ainda é muito pequeno. "No Brasil, você só começa a ganhar apoio depois que vira um atleta de ponta, mas e antes disso? Muita gente desanima, acaba desistindo pela própria necessidade da sobrevivência. Eu era pobre, o esporte mudou a minha vida", disse Hypólito ao vivo no programa da Rede Globo de Televisão.

Publicidade

Uma das juradas técnicas explicou que não é bem assim, que a educação física ainda não havia sido tirada ou colocada. Ela disse que desde maio, existem muitas discussões em torno do tema e um deles é colocar a dança no currículo do ensino básico, mesclando a prática a duas disciplinas, educação física e artes. "Mas isso foi no outro governo", falou Faustão, citando Dilma.  #Faustao #É Manchete!