Algumas celebridades amam postar imagens nas quais aparecem lindas e sensuais - e os fãs também adoram isso. Acontece que, às vezes, o resultado não é bem o esperado pela celebridade, e sua imagem não agrada. Foi o que aconteceu ontem, dia 28, com a cantora #Anitta. Ela postou uma foto bem ousada em seu Instagram, mas a galera não curtiu muito.

Na imagem, a cantora aparece à beira da piscina, com uma blusa vazada, estilo rede, e sem a parte de baixo - só que esse look escolhido pela funkeira causou um certo alvoroço. É claro que muita gente curtiu, mas alguns foram um pouco rude e detonaram Anitta. Um seguidor escreveu que ela deveria colocar uma melancia na cabeça.

Publicidade
Publicidade

Já outro disse que como ela não pode cantar, por ordem médica, ela tem que aparecer de outro jeito. "...aproveita que ta de molho e faz outra plástica ohh Michael Jackson", completou o seguidor.

Quem gostou, elogiou

Mas nem tudo virou crítica. Quem curtiu a foto da musa não economizou nos elogios: "Que mulher", "Cada dia mais linda" e "Linda" foram alguns deles. Além disso, várias mensagens deixadas tinham o desejo de que Anitta volte logo a cantar.

Médico proíbe Anitta de cantar e até de falar

A cantora está com uma restrição médica, que a impede de cantar, devido a um edema e um cisto nas cordas vocais. Por conta disso, a funkeira fez uma pequena pausa na carreira, tendo cancelado alguns shows. Recentemente foi noticiado pela mídia que ela estava proibida até de falar, para que o resultado do tratamento fosse mais rápido.

Publicidade

A diva estaria então, se comunicando por meio de bilhetes.

Novo contrato

É claro que a cantora deve estar levando a orientação médica muito a sério, pois ela precisa ficar boa logo, já que acabou de assinar contrato com nada mais nada menos que a mesma agência de Drake, Rihanna, Pearl Jam, Adele, Foo Fighters e Maroon 5, a agência americana WME. Esse é o primeiro passo para a cantora decolar a sua carreira internacional. Os fãs especulam sobre a cantora morar fora, para tocar a carreira internacional, mas ela já descartou essa hipótese.