O governo de #Michel Temer está em busca de um porta-voz, a fim de divulgar informações oficiais do governo. Segundo o Glamurama e o Notícias ao Minuto, o nome do jornalista Heraldo Pereira, que apresenta o Jornal da Globo e, eventualmente, o Jornal Nacional, foi citado e aprovado pela equipe do governo.

O problema é que, por motivo não divulgado, o apresentador teria negado o convite e preferido se manter no comando dos telejornais diários. O segundo nome que a equipe de Temer estaria analisando é o do jornalista Eduardo Oinegue, que já atuou nas revistas Época e Veja.

O jornalista Eduardo Oinegue se reuniu com o secretário de #Comunicação do governo e a decisão final deve ser anunciada na quinta-feira, 22, data em que Michel Temer retorna para o Brasil, após sua viagem aos Estados Unidos.

Publicidade
Publicidade

Após definir quem ocupará o cargo, o governo pretende melhorar a sua linha comunicação com os brasileiros, evitando que, antes da verdade, bombem notícias falsas sobre projetos, programas e decisões de governo.

Heraldo sempre atuou dentro do grupo Globo, desde os dezoito anos e, hoje, trabalha no jornalismo da TV Globo e GloboNews. Já Eduardo Oinegue tem dedicado sua carreira ao jornalismo impresso. Além das famosas revistas por onde passou, também foi publisher do IG por um longo período.

O objetivo do governo em ter um porta-voz renomado é poder conferir notícias oficiais de maneira clara, uma vez que as últimas novidades que saíram do Planalto foram distorcidas, como a jornada de 12h de trabalho, do qual muita gente achou que isso seria todos os dias, quando, na verdade, é uma possibilidade de permitir que o funcionário, através de prévio acordo com o empregador e sindicato da respectiva categoria, possa trabalhar um pouco mais em um dia, para poder trabalhar menos ou folgar no dia seguinte.

Publicidade

As 12 horas incluem as duas horas-extras permitidas por lei e não podem exceder as 44 horas semanais.

Por falar em jornalista da TV Globo

Na semana passada, houve grande repercussão nas redes sociais por causa um colega de trabalho de Heraldo Pereira. Se trata de Evaristo Costa. O apresentador do Jornal Hoje acabou dando umas respostas ríspidas para algumas seguidoras na internet.

O assunto acabou gerando repercussão nas redes sociais e não demorou muito para o assunto chegar até os críticos de TV, que dedicaram seus minutos ou horas de ‘fofocas dos famosos’ em programas de variedades para criticar a postura do apresentador. Muitas pessoas que já seguem o trabalho de Evaristo, há algum tempo, não estão surpresas com a conduta do global, pois dizem que ele é mesmo irreverente, de forma que não houve anormalidade, só o jeito Evaristo de ser.

#É Manchete!