Os americanos sabem da importância da eleição presidencial e investem pesado nos #Famosos "PSAs" sigla em inglês para Public Service Announcement, anúncios de mídia sobre serviços públicos ou conscientização.

Dois exemplos recentes, no entanto, chamaram bastante a atenção. O primeiro foi o do diretor Joss Whedon, de Os Vingadores. No vídeo, vários atores famosos como Robert Downey Jr e Scarlett Johansson tentam convencer o eleitor americano da importância do voto (e da escolha correta), prometendo que depois da campanha o ator Mark Ruffalo (Hulk) aparecerá completamente nu em um filme.

Nesta terça-feira (27), no entanto, quem literalmente tirou a roupa foi a cantora #Pop Katy Perry.

Publicidade
Publicidade

Tentando convencer o eleitor a comparecer às urnas em novembro, ela diz: “eu dei uma olhada na Constituição e em nenhum lugar lá diz que você não possa acordar e comparecer às seções eleitorais, em qualquer estado em que estiver”. Por estado, Katy faz um trocadilho com a localização do eleitor e seu visual.

Com o cabelo bagunçado, com direito a pipocas e pirulitos grudados nos fios, além de estar vestida com um pijama, Katy então vai votar, mostrando outros exemplos de pessoas que simplesmente acordaram e foram exercer seu direito de voto. As informações são do site Hello Giggles.

Ela começa o vídeo se apresentando: “Olá, aqui é Katy Perry e tenho ótimas notícias para você: você pode ir votar todo bagunçado em 8 de Novembro!”. O objetivo do vídeo é dizer aos eleitores que não importa como você esteja vestido; o importante é votar: “Em nome da democracia, mesmo que você não esteja no seu melhor visual, votar é ok!”

No fim do vídeo, ao tirar a roupa, Katy é abordada por dois policiais.

Publicidade

Ela então contesta: “Esperem, eu li a Constituição! Eu sei que tenho o direito de votar pelada”, e a policial retruca: “Leu mesmo ou só deu uma olhada?”. A cantora é então encaminhada a uma viatura, onde encontra o ator e comediante Joel McHale, que pelo visto, também escolheu votar sem roupa.

O vídeo de humor de Katy Perry foi produzido pelo Funny or Die, site de humor fundado pela Gary Sanchez Productions. #Eleições