A famosa cantora e compositora Katheryn Elizabeth Hudson, conhecida mundialmente como #Katy Perry, de 21 anos, ganhou as mídias mais uma vez essa semana. Ela participou de uma esquete muito engraçada para as campanhas eleitorais dos Estados Unidos e chamou muito a atenção ao tirar a roupa e dizer que iria 'votar' pelada. 

Katy é muito famosa no mundo da música pop e dance, mas mostrou que se interessa por mais coisas além da música, por exemplo, a política. O ano de 2017, será marcado por novos governantes nos Estados Unidos e muitos atores e cantores fazem a questão de mostrar o seu apoio ao candidato que acham com capacidade para governar o país.

Publicidade
Publicidade

A cantora tem deixado bem claro o seu forte apoio à candidata Hillary Clinton e fez questão de usar sua popularidade para reforçar a importância dos votos para o país. Vale lembrar que, diferentemente do Brasil, nos Estados Unidos, o #voto não é obrigatório e quem deseja exercer o seu direito democrático precisa se cadastrar.

Essa campanha para a qual Katy gravou a esquete é do site Funny or Die e tem como objetivo convidar e convencer a população a participar do Voter Registration Day, Dia de Registro de Eleitores, e, assim, poder exercer o direito ao voto em 2016.

No vídeo, Katy convida as pessoas a participarem das eleições no dia 8 de dezembro e tenta mostrar que as pessoas podem ir como se sentirem à vontade, que a constituição permite. Ela deixa claro que o importante não é como irão vestidos, mas sim participar da eleição.

Publicidade

E brinca que estava ótima, do jeito que havia acordado. Ela mostra alguns modelitos possíveis, como os pijamas, e resolve inovar e tirar a roupa para votar. Claro que aparecem alguns policiais e levam a diva presa, por infligir a lei, visto que em nenhum lugar é permitido andar pelado, quem diria votar como se veio ao mundo.

Lógico que tudo não passou de uma brincadeira e torcemos para que Katy consiga alcançar o seu objetivo de conscientizar e motivar os norte americanos a exercerem o direito ao voto e escolherem quem desejam que lhes governe nos próximos anos. Vejam o vídeo abaixo.

#Nua