Com tudo que aconteceu é de se esperar que a novela “#Velho Chico” tome um outro rumo, já que não poderá mais contar com a presença do ator #Domingos Montagner que faleceu no passado dia 15. O último capítulo da novela, que termina no dia 30, teve seu roteiro completamente alterado. O novo roteiro das próximas gravações já foi entregue e as cenas que já haviam sido gravadas por Domingos ainda serão usadas.

Nessa nova versão, Santo e Tereza receberão um novo final feliz. Em relação as cenas que não foram gravadas, serão adaptadas com o personagem Santo, sozinho. A direção conseguiu montar uma estratégia para que o percurso da novela não mude tanto e continue como estava planejado.

Publicidade
Publicidade

De acordo com a Globo, o personagem Santo continuará presente em todas as cenas, dando ao público a possibilidade de um último adeus ao querido Domingos Montagner.

Devido ao que aconteceu, Santo e Tereza não aparecerão nas cenas como deveriam; muitas cenas serão reduzidas. O novo protagonista da novela será Gabriel Leone, que interpreta o personagem Miguel, assumindo o trabalho que Santo faria de liderar os cooperadores e dividir as terras da sua família entre o povo indígena.

Para facilitar a história, haverá duas passagens de tempo, uma de seis meses e outra de cinco anos. No final da novela, Miguel se tornará o substituto de Afrânio e finaliza com uma confraternização realizada à beira do famoso rio São Francisco, quando de repente escuta um som de apito e vai até a margem do rio. Por alguns segundos, Afrânio se encontrará triste até que Tereza, interpretada por Camila Pitanga, chegue para fazer companhia, junto aos bisnetos dele.

Publicidade

Nesse final, Santo já não estará mais presente.

O final da história será em completa homenagem a Domingos Montagner, querido por todo o elenco, produção, amigos e familiares, que deixará no coração de todos a saudade e o amor por uma pessoa bondosa e tão querida, levada pelo destino à um lugar em que possa descansar em paz e olhar por todos a quem ama. O que um dia existiu viverá apenas na lembrança. #Camila Pitanga