O seriado original da #Netflix, criado por Ross e Matt Duffer, teve um estrondoso sucesso, prova disso foi que apenas onze dias após sua estreia na plataforma de streaming, 'Stranger Things' subiu para o 1º lugar do IMDB e chegou a desbancar 'Game of Thrones' como a série mais popular da atualidade. Inclusive o logotipo da abertura de #Stranger Things foi um dos mais adaptados e copiados da história, um site chegou a ser criado para que os usuários apenas inserissem uma sequência de duas palavras para que uma logo personalizada fosse automaticamente gerada aos moldes ST.

A fama da série, no entanto, parece ter incomodado a concorrência.

Publicidade
Publicidade

O canal da Fox, FX, cutucou a Netflix se aproveitando da logo, com a seguinte mensagem: "Quer ver coisas estranhas de verdade?" e postou em sua pagina do Facebook com a tag '#OExorcistaNoFX'. E a legenda dizia: 'Até mesmo as forças de outro mundo sabem qual é a série mais assustadora", exaltando o novo seriado do canal e dando a entender que será capaz de ultrapassar Stranger Things.

O seriado 'O Exorcista' tem estreia agendada para o final de setembro e seu elenco traz nomes como Ben Daniels, Geena Davis e Alfonso Herrera. O enredo conta com dois padres extremamente diferentes que lutam contra a possessão demoníaca que assola uma família.

A produção foi inspirada no livro de 1971 de William Peter Blatty que adaptou um exorcismo documentado em 1949, o caso envolveu um garoto de 14 anos.

Publicidade

Posteriormente, em 1973, a obra literária virou o filme homônimo de terror mais bem sucedido do mundo. Arrecadando, ao redor do mundo, U$ 441.306.145,00. O longa-metragem foi distribuído e produzido pela Warner, além de contar com o roteiro do próprio autor do livro.

Vale citar que a obra cinematográfica concorreu a dez estatuetas do Oscar, levando para casa duas delas, e foi o único longa de terror a receber indicação ao Oscar de melhor filme. Ganhou ainda quatro Globos de Ouro e uma indicação ao BAFTA por melhor som. O que leva a crer que a FX está mexendo coisas que necessitam de muito mais atenção que a fama da Netflix. #Seriados