A série da Netflix, "Stranger Things", parece ter tido alguma influência na forma como a sexta temporada da série da Fox, "#American Horror Story: Roanoke", foi apresentada.

A série de ficção e suspense ambientada nos anos 80 foi um dos destaques entre as séries lançadas em 2016. Os fãs da série queriam saber o que havia acontecido com Barb, se Eleven era o monstro Demogorgon, se Will ainda estava vivo, e criaram várias teorias para explicar o desconhecido. Isso com certeza não passou despercebido por outros canais.

Em entrevista para a Entertainment Weekly, John Landgraf, presidente e CEO da Fox, explicou como a sexta temporada de AHS tomou uma das páginas da cartilha de sucesso de "Stranger Things".

Publicidade
Publicidade

"Eu acho que parte da razão das pessoas terem gostado de 'Stranger Things' é que foi inesperado. Nós queríamos descobrir como dar o prazer de volta para os fãs, e pensamos que uma maneira divertida seria eles não saberem de nada", disse John.

A sexta temporada da série estreou no dia 14 de setembro, com seus segredos muito bem guardados desde o início das filmagens - ação bem diferente da usada nas temporadas anteriores, quando pistas sobre o tema, o roteiro e os personagens foram divulgadas meses antes da estreia. Desta vez, apenas alguns teasers foram mostrados e também os nomes de alguns atores que retornariam.

Outra mudança foi que os personagens estão mais fundamentados, o roteiro está linear (não há mais múltiplas histórias) e a série aborda o horror de forma mais simples.

Reviravolta no sexto episódio marcará temporada de "American Horror Story: Roanoke"

"Eu peguei os dois primeiros roteiros e eu disse, 'Eu acho que essa é a mais divertida! Esta é a mais extrema partida.

Publicidade

Não é operística. Não há um monte de lentes olho de peixe. Não se parece com 'American Horror Story' da maneira como nós a conhecemos", disse Sarah Paulson, que interpreta Shelby.

Segundo Ryan Murphy, o episódio 6 vai marcar uma reviravolta na temporada. Segundo ele, o episódio vai virar tudo de cabeça pra baixo e o público vai aprender que "a coisa que você acha que está assistindo não é o que você está assistindo". #strangerthings #Seriados