Pela primeira vez após a tragédia que levou a vida de #Domingos Montagner, afogado no Rio São Francisco, na cidade de Canindé de São Francisco, em Sergipe, #Camila Pitanga, que estava com o ator quando aconteceu o episódio de sua morte, falou o que aconteceu naquela tarde de quinta-feira, (15), com exclusividade para o Fantástico, ontem (18), na Rede Globo de TV.

Na entrevista, claramente bastante emocionada, a atriz detalhou o passo a passo de tudo que aconteceu antes do afogamento de Montagner. A protagonista de #Velho Chico destacou que, apesar de não haver salva-vidas onde eles estavam, os dois decidiram dar um mergulho no local porque aquela parte onde eles estavam parecia muito calma.

Publicidade
Publicidade

“Notei que tinha uma pedra com uma marolinha batendo”, disse Camila. Ela seguiu dizendo que os dois estavam nadando em uma corrente aparentemente tranquila que, naquele momento, parecia que não iria causar nenhum problema para ambos. No entanto, a artista percebeu que haviam muitas pedras ao redor de onde eles estavam, e, segundo ela, veio em seu pensamento que isso poderia machucar os dois. Esse foi o primeiro momento em que Camila passou a pensar que realmente aquilo poderia causar problemas, e pediu para Montagner voltar para um lugar seguro, junto dela.

“Eu disse ‘vamos voltar’ e fomos nadando. O Domingos estava na frente e eu estava mais perto da faixa de areia. A gente nadava, nadava, mas ficava.”, explicou Camila. Ela explicou que a correnteza, de uma hora para outra, passou a representar perigo para os dois.

Publicidade

De acordo com a atriz, foi nesse momento que ela se desesperou e passou a respirar errado. Foi nesse momento, também, que, de acordo com a global, ela percebeu que o seu amigo não conseguia sair do lugar.

“Ele não nadava e estava assustado”, revelou. Pitanga conta que Domingos disse a ela que não estava conseguindo sair do lugar. Foi quando a atriz disse que viu o último olhar do seu amigo. Camila seguiu contando na entrevista que Montagner salvou a sua vida e que ela deve isso a ele: “Ele me deu a oportunidade de viver.”, exclamou a artista, afirmando que irá honrar isso. Domingos foi encontrado morto, horas depois, a 18 metros de profundidade naquela região.