A sensitiva Márcia Fernandes, conhecida pelas previsões que faz no programa 'A Tarde é Sua', da apresentadora Sônia Abrão, da RedeTV!, está dividindo opiniões na internet. Isso porque ela decidiu dar detalhes polêmicos sobre o que teria acontecido com o espírito do ator #Domingos Montagner. O profissional da dramaturgia, no ar como o 'Santo' de '#Velho Chico', faleceu na última quinta-feira, 15, vítima de um afogamento no Rio São Francisco, que dá nome ao folhetim das nove horas assinado pelo autor Benedito Ruy Barbosa. Fotos do corpo de Domingos chegaram a ser divulgadas na web, o que gerou até comentários do autor Walcyr Carrasco, que pediu respeito a todos.

Publicidade
Publicidade

Márcia disse que Montagner teve muita dificuldade para aceitar a morte nas primeiras horas após seu afogamento. Ela diz que o espírito do ator chegou a ficar desesperado e que nem ela conseguia dormir por ver seu sofrimento. No entanto, segundo a sensitiva conhecida, ele aceitou ser levado por espírito de luz para uma espécie de hospital espiritual na "quinta dimensão", onde estaria sendo energizado. A vidente fez um apelo para os fãs, solicitando que esses fizessem orações para Domingos, especialmente lendo um dos salmos da bíblia. Tamanho pedido fez com que algumas pessoas se emocionassem, enquanto outras criticassem a médium.

"Fico muito triste com o tanto de pessoas que tenta aparecer. A mulher consegue ver espírito em outra dimensão, mas não tem capacidade de prever os números da mega-sena.

Publicidade

Estranho, né?", disse um internauta exaltado. Seguidores de Fernandes defenderam ela, falando que uma coisa não tinha nada a ver com outra e que a médium não estava pedindo ninguém para acreditar no que ela dizia ver ou sentir. Em outro vídeo, Márcia fala sobre a trama da novela e sobre um dos personagens, Martím, que estaria morto há semanas no folhetim. De acordo com ela, 80% dos espíritos tem dificuldade para aceitar a morte e que a gente precisa aprender a se desgarrar do mundo, já que o falecimento seria inevitável para todos.