O programa X-Fator Brasil busca por talentos musicais, os jurados: Di Ferrero, Paulo Miklos, Alinne Rosa e Rick Bonadio ficam atentos a todos os candidatos. Eles não são muitos rígidos e as vezes se deixam levar pela emoção. O produtor musical e descobrir do grupo musical "Mamonas Assassinas" é mais crítico e observador, pois procura cantores diferentes, mais naturais, sem muito ensaio ou programação.

No programa de estreia, duas irmãs cantaram a dupla composta por May e Lou Ferry, elas são do Sweet Dreamers. Mas os jurados do reality, principalmente Bonadio, optaram para que elas se separassem e cantassem sozinhas, pois a May se destacou, enquanto a irmã Lou não agradou ao júri.

Publicidade
Publicidade

No segundo programa Rick disse que as irmãs Sweet Dreamers teriam que se decidir, pois só separadas é que teriam sucesso. Elas não quiseram romper à dupla, mas foi dada a chance para May. Ela convencida pelos pais voltou ao palco e cantou convencendo os jurados que deram o sim. A moça seguirá sozinha no programa X-Fator da TV Band.

As audições prosseguiram na quarta-feira e outros participantes se apresentaram, Rafael foi um deles, ele disse que a sua influência musical era Whitney Houston e que iria cantar uma #Música de Marian Carey "Hero". O calouro mostrou uma bela voz, os jurados se entusiasmaram enquanto o ouviam cantar. No final foi aplaudido de pé pelo júri e plateia.

Os inscritos

Foram muitos os candidatos que se inscreveram para o reality musical, cerca de trinta mil candidatos.

Publicidade

Todos em busca de uma oportunidade e lugar ao sol.

Os jurados são criteriosos na seleção dos calouros. Eles observam cada detalhe, tom e timbre de voz e a naturalidade conta muito. Para conseguir passar na peneirada é preciso ser muito bom. O produtor musical Rick é quem comanda e conduz o ritmo das escolhas.

Outras apresentações neste (31)

O grupo Vocálico concorreu neste segundo dia do programa e deu um show de criatividade, eles cantaram e encantaram. Os jurados Aline e Di Ferrero deram um não e eles foram eliminados.

Outro grupo que se apresentou na noite foi o Õnix e cantaram a música de Luan Santana. A apresentação deles foi muito boa e agradou o público presente. O vocal do grupo foi convincente e arrepiou a todos. Eles foram muito ecléticos e Rick os elogiou, os jurados gostaram muito e foram aprovados por unanimidade.

O candidato Cauã entrou e cantou com muita afinação, carismático encantou a plateia feminina, que o ovacionaram muito. Os jurados durante a sua apresentação o olharam surpresos, mas Bonadio disse que ele mostrou um número bem ensaiado e que o formato do X-Fator era para cantores mais naturais, que se soltassem no momento.

Publicidade

O produtor pediu que ele chamasse a mãe e cantasse para ela, assim ele teria uma ideia da sua espontaneidade, pois não queria nada programado. Ele cantou para a sua mãe e foi emocionante e o júri o aprovou.

Na concepção de Rick o X-Fator Brasil tem que passar emoção e não pode ser uma apresentação engessada. O programa promete nas próximas edições, acompanhem, pois outros talentos surgirão. #Famosos #X Factor